POLÊMICA: Mulher é presa por xingar presidente 'noivinha do Aristides'

POLÊMICA: Mulher é presa por xingar presidente 'noivinha do Aristides'

Foto: Divulgação

No último sábado, 29, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu uma mulher por xingar Jair Bolsonaro. Naquele dia, o presidente estava no acostamento da Via Dutra (BR-116), na altura de Resende (RJ), acenando para motoristas e cumprimentando policiais.
 
Ao perceber a presença de Bolsonaro na rodovia, a condutora de 40 anos proferiu xingamentos contra o inquilino do Planalto. Minutos depois, seu veículo foi abordado pela PRF e ela foi presa por injúria contra o presidente da República.
 
Durante o episódio, a mulher se referiu a Bolsonaro como “noivinha do Aristídes” em referência ao sargento que era instrutor de judô na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) no tempo em que Bolsonaro era cadete.
Direito ao esquecimento

Você concorda que quem não se vacinou deveria pagar mais impostos?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS