CONFLITO: Garimpeiros atacam base do ICMBio em Roraima, fazem reféns e ameaçam fiscais

Os garimpeiros buscavam agentes de fiscalização do ICMBio

CONFLITO: Garimpeiros atacam base do ICMBio em Roraima, fazem reféns e ameaçam fiscais

Foto: Divulgação

Um grupo de oito garimpeiros invadiu a base do ICMBio na Estação Ecológica de Maracá, em Roraima, fez três brigadistas reféns e roubou materiais apreendidos em uma operação de fiscalização feita na unidade e também equipamentos do próprio órgão, de acordo com relato feito por um dos servidores e confirmado pelo ICMBio em Brasília.
 
De acordo com o relato, repassado à Reuters por uma fonte com acesso aos servidores atacados, os oito homens, encapuzados e armados com fuzis, invadiram a base, no norte de Roraima, e obrigaram os três brigadistas a levar os equipamentos para eles até o porto da base, que fica às margens do rio Uraricoera, que marca o limita da unidade de conservação e dá acesso à Terra Indígena Ianomâmi.
 
De acordo com o relato, os garimpeiros “buscavam agentes de fiscalização do ICMBio e disseram que se tivessem encontrados fiscais eles não seriam poupados. Durante a saída foi dito que eles estavam monitorando todos os servidores e que iriam queimar as viaturas do órgão caso encontrassem alguma”.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

V DA S Parnaiba

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS