OVNI: Militares americanos flagram disco voador na Califórnia e Marinha confirma

Segundo o governo americano, as imagens são verdadeiras

OVNI: Militares americanos flagram disco voador na Califórnia e Marinha confirma

Foto: Divulgação

Um vídeo de um OVNI voando no céu da Califórnia, nos Estados Unidos, foi divulgado na manhã dessa segunda-feira (17/05). O objeto voador não identificado, flagrado por militares, cai na água rapidamente.
 
O material, obtido pelo cineasta Jeremy Corbell, foi exibido no programa televisivo “Today” da emissora NBC. Nas imagens gravadas por câmeras com sistema infravermelho, em julho de 2019, por um navio da Marinha dos EUA, é possível ver o objeto sendo rastreado que, em seguida, desaparece.
 
De acordo com a Defesa dos EUA, o vídeo é real e foi gravado por militares da Marinha. O governo norte-americando afirmou, ainda, que as imagens estão sendo analisadas a partir de uma força tarefa que estuda fenômenos aéreos misteriosos. Todo o conteúdo está arquivado no Centro de Informações de Combate (CIC).
 
Durante muitos anos, o governo dos Estados Unidos não levou a sério os relatos de Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) vistos em um espaço aéreo militar. Agora, contudo, os EUA começaram a reconhecer que os OVNIs são reais.
 
Não se sabe ainda a origem desses objetos, mas o Exército confirmou a veracidade de vários vídeos e imagens que mostram os objetos voadores não identificados. Em abril, o Pentágono confirmou a autenticidade de objetos em forma de triângulo piscando e se movendo através das nuvens.
 
Os relatórios de OVNIs que perderão o sigilo serão enviados ao Congresso pelo Escritório do Diretor de Inteligência Nacional e outras agências em junho. Vale ressaltar que em abril de 2020, o governo americano havia retirado o sigilo de outros vídeos gravados de um navio da Marinha.
 
No ano passado, o Pentágono criou uma força-tarefa para entender melhor "a natureza e as origens" de fenômenos aéreos, segundo o Departamento de Defesa em um comunicado.
 
O Departamento de Defesa e os departamentos militares levam muito a sério qualquer incursão de aeronaves não autorizadas em nossos campos de treinamento ou espaço aéreo designado e examinam cada relatório. Isso inclui o exame de incursões que são inicialmente relatadas como Fenômenos Aéreos Não Identificados, quando o observador não consegue identificar imediatamente o que está observando”, disse o comunicado na época.
 
O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu uma declaração contundente, nessa segunda-feira (17/5), sobre vídeos de fenômenos aéreos não identificados, que continuam ganhando atenção dos norte-americanos.
 
"O que é verdade, e na verdade estou falando sério, é que há filmagens e registros de objetos nos céus que não sabemos exatamente o que são. Não podemos explicar como eles se movem, sua trajetória", disse ele. "Eles não tinham um padrão facilmente explicável. E então acho que as pessoas ainda levam a sério, tentando investigar e descobrir o que é", disse.
 
A Marinha dos Estados Unidos demorou anos para confirmar a legitimidade de vídeos de caças que rastreavam objetos não identificados. Em alguns deles, os objetos  se moviam de maneiras inexplicáveis.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

MEDICAL FORM LTDA

V DA S Parnaiba

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS