MOVIMENTAÇÃO: CPI da Covid começa com Planalto sob ataque e ameaças de Bolsonaro

“Está chegando a hora de o Brasil dar um novo grito de independência”

MOVIMENTAÇÃO: CPI da Covid começa com Planalto sob ataque e ameaças de Bolsonaro

Foto: ILUSTRATIVA

 

A CPI da Covid começa nesta terça-feira, 27, em clima de guerra. Sob ataque e sem maioria no colegiado, o Planalto indicou que partirá para o confronto contra o “G-7”, grupo de sete senadores considerados independentes e de oposição, fazendo uma espécie de dossiê sobre os adversários. Acompanhe ao vivo a sessão.
 
 
 
Com a CPI mirando em erros e omissões do governo no combate à pandemia, Bolsonaro decidiu reforçar as ameaças e também engrossou o tom contra governadores que determinaram medidas de isolamento social para conter a propagação da doença. “Está chegando a hora de o Brasil dar um novo grito de independência”, disse ele, ao participar nesta terça-feira, 26, da entrega de um trecho de duplicação da BR-101, em Feira de Santana (BA).
 
 
A decisão liminar que barrou a possibilidade de o senador Renan Calheiros (MDB-AL) assumir a relatoria dos trabalhos marcou uma vitória do Palácio do Planalto e foi tomada no âmbito de uma ação movida pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP), aliada do presidente Jair Bolsonaro. Renan disse que “não há precedente na história de medida tão esdrúxula” e já recorreu da decisão.
 
 
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS