BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ACRE: Empresa responsável pela coleta de lixo hospitalar é embargada

O órgão não quis comentar o assunto

A GAZETA

05 de Novembro de 2020 às 09:49

Foto: Divulgação

 

A GAZETA - A empresa “Ar Puro Soluções Ambientais” é responsável pela coleta do lixo hospitalar em Rio Branco teve uma fiscalização e o embargo no dia 7 de outubro, com sede em Ji-Paraná (RO), ela tentava renovar a licença ambiental, e mesmo sem o documento continuava fazendo o serviço.

 
A Polícia Ambiental e do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) descobriram outras irregularidades, como, por exemplo, que a coleta está sendo feita em um veículo de pequeno porte sem as condições necessárias para o transporte do lixo dos hospitais e postos de saúde. O lixo hospitalar tem alto poder de risco à saúde das pessoas está sendo recolhido em sacos plásticos o que não oferece segurança.
 
No armazém há registro do lixo espalhado pelo local o que é inapropriado porque não há proteção contra roedores e insetos que entram livremente no depósito.
 
Sem condições de recolher o lixo hospitalar e dar um destino final e o armazenando de forma irregular, a Ar Puro Soluções Ambientais está impedida de continuar o serviço e é obrigada a retirar em 15 dias todo o material que está no armazém.
 
O Imac ficou responsável por encontrar os proprietários da empresa para apresentar notificação e informá-los das multas aplicadas, no entanto, no dia da fiscalização não foi possível encontrar os responsáveis pela empresa. O órgão não quis comentar o assunto.
 
A Polícia Ambiental que apurou a denúncia disse que as condições encontraram impedem que a empresa continue fazendo esse serviço e que já virou um crime ambiental. “Fizemos um Boletim de Ocorrência, foi entregue na delegacia e encaminhado ao Ministério Público”, declarou o Major Albuquerque.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS