BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

TIROTEIO: Confronto armado entre polícia e criminosos deixa 12 suspeitos mortos

O grupo reagiu com tiros a abordagem da Polícia Rodoviária Federal

DIARIO DO PODER

16 de Outubro de 2020 às 10:18

Foto: Divulgação

 

DIARIO DO PODER - Uma ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal do Rio de Janeiro interceptou um comboio de milicianos na Rodovia Rio-Santos na noite de quinta-feira (16). Doze suspeitos foram mortos no tiroteio em Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro.

 
O confronto teve início após uma abordagem policial ao grupo que reagiu atirando contra os agentes de segurança pública. Junto ao grupo, foram apreendidos armamento pesado, oito fuzis, granadas, metralhadoras, pistolas, aparelhos de comunicação, munições para abastecer o arsenal e os quatro veículos que integravam o comboio.
 
Entre as 12 vítimas fatais, estava o ex-integrante da Polícia Militar Carlos Eduardo Benevides Gomes, conhecido como Cabo Benê e tido como o chefe da milícia no município de Itaguaí. O Cabo Benê era um dos homens mais procurados pela Justiça do estado do Rio de Janeiro.
 
O grupo estava sob investigação há 15 dias e, segundo a subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional da Polícia Civil, a organização era ligada ao miliciano Danilo Dias Lima, conhecido por Tandera, que já foi alvo de ações da PC no último mês.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS