BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

As causas da queda do helicóptero serão investigadas

OLHAR DIRETO

09 de Outubro de 2020 às 08:01

Atualizada em : 09 de Outubro de 2020 às 08:45

Foto: Divulgação

 

OLHAR DIRETO - Imagens do local do acidente aéreo no Pantanal mato-grossense, que envolveu a queda de um helicóptero da Força Nacional, na tarde desta quinta-feira (8), mostram que a aeronave teve grandes avarias e bombeiros que estiveram no local falaram que por conta do estrago, todos os tripulantes estarem vivos foi por conta de “ajuda Divina”.

 
Conforme o Olhar Direto apurou, um pantaneiro presenciou a queda e logo conseguiu buscar ajuda. O helicóptero da Força Nacional ajudava no combate às chamas e fez o pouso forçado por volta das 15h, num ponto de difícil acesso que fica há pouco mais de 15km do Porto Jofre, local de grande visitação turística no Pantanal.
 
 
Três se feriram na queda, mas o inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Berberick ficou em pior estado. Ele sofreu fratura exposta na perna esquerda e teve de ser socorrido por uma equipe do Centro Integrado de Operações Especiais (Ciopaer) até Cuiabá.
No local, conforme as fotos recebidas pelo Olhar Direto, dá pra ver que a aeronave teve partes despedaçadas, a cauda quebrada e chegou a tombar. O motor ficou exposto no solo.
 
Conforme informações de quem esteve no local, o helicóptero teve que fazer o pouso forçado e depois os tripulantes de um helicóptero da Marinha ajudou no resgate.
 
Outros dois tripulantes, o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal e o 2° sargento Emerson Miranda Martins, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, não ficaram feridos e virão para Cuiabá de carro.
 
“Foi por Deus mesmo. Uma verdadeira ajuda Divina. O helicóptero despedaçou. Tá todo quebrado. Eu nunca vi isso aqui”, disse o pantaneiro, conhecido como Nego e que trabalha na região há mais de 20 anos. Ele também ajudava a cuidar da área para evitar que o fogo atingisse a área da fazenda onde ele trabalha. Nego que chamou ajuda assim que percebeu a queda.
 
Por volta das 17h o avião do Ciopaer chegou ao Porto Jofre, com três atendentes do Samu, fez o resgate de  Luiz Fernando Berberick e depois o trouxe até Cuiabá. No hangar do Ciopaer, o comandante Juliano Chiroli falou com a reportagem.
 
“Nesse momento o Ciopaer através de uma equipe com uma aeronave e a equipe médica do Samu foi até o local e conseguiu trazer um dos tripulantes a bordo, que se encontrava num acidente da aeronave da Força Nacional 01. Era das vítimas a de estado mais grave, está aqui já no nosso hangar e vai ser encaminhado para atendimento em hospital particular”, contou ao Olhar Direto o coronel da Polícia Militar e coordenador do Ciopaer, Juliano Chiroli.
 
O caso será investigado pelo Cenipa. Ao saber do acontecido, uma equipe da Força Nacional, que está em Cuiabá, foi até o Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, para acompanhar o inspetor carioca na ida até o hospital.

Galeria de Fotos da Notícia

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

ACIDENTE AÉREO: Helicóptero da Força Nacional cai durante combate à incêndio

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS