BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

VEJA O VÍDEO: PM agride mulher após confronto entre fiscais e ambulantes

A polícia militar disse que vai analisar o caso e que o policial será afastado de forma preventiva das atividades operacionais

ISTO É

08 de Outubro de 2020 às 16:35

Atualizada em : 08 de Outubro de 2020 às 16:37

Foto: Divulgação

 

ISTO É - A polícia militar precisou intervir após confronto entre vendedores ambulantes e fiscais da Prefeitura de São Paulo. O incidente ocorreu na região central da capital paulista na última quarta-feira (7).
 
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra os fiscais sendo alvos de caixas e objetos arremessados pelos ambulantes. Um veículo, que aparentemente fazia o transporte dos profissionais, sai em disparada após o início da confusão.
 
VEJA O VÍDEO
 

Em outro registro é possível ver a intervenção da polícia para afastar os vendedores do local. Um dos PMs chega a agredir uma mulher com o cassetete, enquanto outro derruba a vítima com uma rasteira e dá um chute nas costas dela.

 
O local onde a confusão aconteceu é uma das saídas da estação Anhangabaú da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo. A área é conhecida pelo mercado ambulante e pela intenso movimento de pessoas já que liga a estação ao importante terminal Bandeira, de ônibus.
 
 
Procurada pela reportagem, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) se pronunciou por meio de nota. O órgão informou que devido aos objetos e pedras atirados por ambulantes e populares, os policiais agiram com força “moderada” na Ladeira da Memória com a Rua Formosa.
 
Em relação à agressão sofrida por uma mulher, a polícia militar disse que vai analisar o caso e que o policial será afastado de forma preventiva das atividades operacionais.
 
Confira a nota:
 
A Polícia Militar esclarece que ontem (7), agentes municipais de fiscalização de comércio ambulante da Subprefeitura Regional Sé, durante fiscalização no Vale do Anhangabaú, foram agredidos com objetos e pedras atirados por populares e comerciantes irregulares na Ladeira da Memória com a Rua Formosa. Em decorrência da injusta agressão, para afastar os agressores, foi necessário o emprego de força moderada pelos policiais militares da Atividade Delegada, inclusive com a necessidade de apoio de outras unidade que realizavam o Policiamento Preventino na região.
 
Com relação às imagens de agressão a uma mulher, foi instaurado procedimento apuratório e o policial ficará afastado das atividades operacionais até o término do procedimento.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS