BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

BOLSA FAMÍLIA: Bolsonaro descarta suspender reajuste a aposentados

Para encerrar o assunto, o presidente afirmou que não criará mais o programa Renda Brasil e que, até o fim do mandato, será mantido o Bolsa Família

CORREIO BRAZILIENSE

15 de Setembro de 2020 às 10:55

Atualizada em : 15 de Setembro de 2020 às 15:19

Foto: Divulgação

 

CORREIO BRAZILIENSE - O presidente Jair Bolsonaro descartou, nesta terça-feira (15/9), atender a proposta da equipe econômica de congelar os benefícios previdenciários, como aposentadorias e pensões, nos próximos dois anos para bancar o Renda Brasil. Para encerrar o assunto, o presidente afirmou que não criará mais o programa e que, até o fim do mandato, será mantido o Bolsa Família.

 

@jairbolsonaro

- Congelar aposentadorias, cortar auxílio para idosos e pobres com deficiência, um devaneio de alguém que está desconectado com a realidade.
 
- Como já disse jamais tiraria dinheiro dos pobres para dar aos paupérrimos.
 
No mês passado, quando o ministro da Economia, Paulo Guedes, sugeriu o fim do abono salarial para gerar recursos ao novo programa, Bolsonaro já tinha afirmado que não iria tirar dos pobres para dar aos paupérrimos.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS