BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

COVID-19: Mais de 250 mil mortos e 3,5 milhões de infectados no mundo todo

O Brasil já soma 107.780 registros da doença e 7.321 mortes, segundo dados do Ministério da Saúde

NOTÍCIAS AO MINUTO

05 de Maio de 2020 às 11:03

Atualizada em : 05 de Maio de 2020 às 11:04

Foto: Divulgação

 

NOTÍCIAS AO MINUTO - A pandemia de covid-19 já matou 251.512 pessoas e infectou mais de 3,5 milhões em todo o mundo desde que surgiu em dezembro na cidade chinesa de Wuhan, segundo um balanço da AFP às 8h00. De acordo com os dados da agência de notícias francesa, a partir de dados oficiais, foram registrados 251.512 mortos e mais de 3.595.970 infectados em 195 países.

 

Pelo menos 1.104.600 pessoas foram consideradas curados pelas autoridades de saúde.

 
Os Estados Unidos, que registraram o primeiro morto ligado ao novo coronavírus no final de fevereiro, lideram em número de óbitos e casos, com 68.934 e 1.180.634, respectivamente. Pelo menos 187.180 pessoas foram declaradas curadas pelas autoridades de saúde nos Estados Unidos.
 
 
Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são Itália, com 29.079 mortos em 211.938 casos, Reino Unido com 28.734 mortos (190.584 casos), Espanha com 25.613 mortos (219.329 casos) e França com 25.201 óbitos (169.462 casos).
 
 
A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou 82.881 casos (um novo entre segunda-feira e hoje), incluindo 4.633 mortos (nenhum novo) e 77.853 curados.
 
 
Setenta dias após o primeiro caso confirmado do novo coronavírus, o Brasil já soma 107.780 registros da doença e 7.321 mortes, segundo dados do Ministério da Saúde.
 
 
Até às 11:00 de hoje, a Europa totalizou 145.612 mortos para 1.583.788 casos, Estados Unidos e Canadá 72.897 mortos (1.241.406 casos), América Latina e Caribe 14.415 mortos (272.061 casos), Ásia 9.506 morteos (252.541 casos), Médio Oriente 7.115 mortos (191.152 casos), África 1.843 mortes (46.857 casos) e Oceânia 124 mortos (8.174 casos).
 
 
A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, já que um grande número de países testam apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS