BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

TRABALHO ESPIRITUAL: Prefeito é alvo de macumba em cidade que faz divisa com Rondônia

“Trabalho” em cemitério inclui garrafa de pinga e nome cruzado ao lado de sapo

Folha do Sul Online

29 de Abril de 2020 às 09:50

Atualizada em : 29 de Abril de 2020 às 09:52

Foto: Divulgação

 

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), do município de Comodoro, em Mato Grosso, que faz divisa com Vilhena, foi alvo de um trabalho espiritual, feito por alguém dentro do cemitério da cidade. 

O despacho foi descoberto entre os dias 10 e 15 de abril, e o prefeito não soube explicar ao certo, mas foi encontrado um papel com seu nome escrito cruzado, uma garrafa de pinga em cima do papel e um sapo morto ao lado. 

A cena chamou a atenção de uma senhora, que teria ido visitar o túmulo de um familiar e acabou se deparando com o “trabalho” próximo à entrada do cemitério. A pessoa ainda detalhou ao prefeito que havia terra de cemitério envolta do bilhete que tinha seu nome escrito. 

O prefeito Jeferson Gomes, que é evangélico, não foi localizado para comentar o assunto. Mas, em Comodoro, o assunto ganhou conhecimento público e logo na cidade o povo só se falava no "despacho feito para o prefeito". 

No cargo desde 2017, Jeferson Gomes, que é pessoa com necessidade especial, sendo o único prefeito de Mato Grosso que faz uso de cadeira de rodas, ficou marcado por uma gestão inconsistente, cheia de afastamentos e muitos embates jurídicos e com a Câmara Municipal. Porém, novamente no cargo, ele já disse publicamente que pretende não disputar a reeleição.  

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS