LEITE: Produtores são atendidos com projeto de 'Silagem'

Projeto surgiu da necessidade de nutrição do gado leiteiro na época da seca em Rondônia

LEITE: Produtores são atendidos com projeto de 'Silagem'

Foto: Ilustrativa

 

No período de seca em Rondônia, os pecuaristas que trabalham com gado de leite passam por dificuldades para alimentar o rebanho, por causa do déficit de pastagens. E como consequência, nesse tempo, a produção de leite diminui, acarretando grandes prejuízos financeiros.
 
Uma situação que o Governo de Rondônia dispõe de alternativas para auxiliar os empresários do ramo.
 
 
Em Cabixi, na região do Cone Sul do Estado, a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO) local, atende 60 produtores da pecuária leiteira com Projeto de “Silagem”, que auxilia na produção de alimentos para as vacas neste período.
 
Para a expansão do projeto, neste ano, a Emater destinou implementos agrícolas e equipamentos como conchas, ensiladeiras, tratores, cascalheiras e empilhadeiras, para as prefeituras, que atuam por meio da Secretaria Municipal de Agricultura. Os equipamentos foram comprados por recursos do programa “ProLeite” em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri). 
 
Projeto atende 60 produtores no município de Cabixi
 
O objetivo do Estado, com esse subsídio, é melhorar a atividade leiteira e evitar as quedas bruscas na produção. A pecuária de leite é a atividade que concentra a maioria dos pequenos produtores rurais rondonienses e a que mais sofre com a falta de chuvas durante o verão amazônico, que vai de maio a outubro, período que o gado mais necessita da suplementação alimentar no cocho.
 
“O projeto surgiu da necessidade de nutrição do gado leiteiro na época da seca. Em algumas reuniões com a nossa equipe da Emater Cabixi, tivemos a ideia de investir na silagem, sendo uma alternativa muito boa para o pequeno produtor. Pensando nisso, buscamos a parceria com a Seagri, que nos apoia com os implementos agrícolas, barateando o custo da silagem para o produtor, se tornando viável para todos. No ano passado, a silagem ficou em torno de R$ 98 a tonelada, muito barato. Todo esse material se transforma em leite. Agora, com as novas máquinas vamos conseguir aumentar ainda mais o número de produtores atendidos,” explica o veterinário da Emater Cabixi, Diogenes Cadore Simionatto. 
 
“Acredito que não tenha coisa melhor que a silagem, só tenho resultados positivos. É trabalhoso, mas estamos aqui para isso. Para mim, é essencial, sem ela, não tem como produzir leite, não tem como se manter na pecuária. Sem parcerias não chegamos a lugar nenhum; com esses implementos da Seagri e Emater, é essencial para funcionar.  Eu não teria como investir se não fosse pelo projeto, pois hoje ainda não tenho condições de comprar um trator para esse serviço. É de extrema necessidade, indico ainda que se você for iniciar a atividade leiteira, procure a Emater da sua cidade, eles são peças fundamentais para iniciar a sua atividade”, ressaltou o criador de gado de leiteiro, Jailton Lopes.
 
O gerente regional da Emater, Cleverson de Oliveira, que acompanhou a propriedade atendida pelo projeto, ressalta o benefício das parcerias entre os órgãos estaduais, municipais e produtores.
 
“O município de Cabixi foi a primeira cidade a aderir ao programa. Com essa união entre os poderes públicos conseguimos consolidar o projeto em todo Cone Sul. Nesta área, se tem uma grande parceria entre os produtores, onde eles compram o milho e fertilizantes em conjunto, sendo assim, sempre um apoiando o outro. Neste a ano, no dia 30 de janeiro já começou o corte da  primeira safra, sendo em média 45 toneladas por hectare de produção de milho e os novos equipamentos estão a todo vapor atendendo esses 60 produtores”, explica. 
Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS