RONDÔNIA: Parceria vai oportunizar condições de igualdade aos agricultores familiares

A proposta visa a venda direta, a preços compatíveis com os praticados em pregões públicos ou com os dos mercados atacadistas locais

RONDÔNIA: Parceria vai oportunizar condições de igualdade aos agricultores familiares

Foto: Divulgação

 

Em um encontro virtual realizado na última segunda-feira (3), a diretoria e os gerentes regionais da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) ouviram propostas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para uma parceria que vai oportunizar aos agricultores familiares condições de igualdade aos estoques agrícolas geridos pela companhia.
 
A proposta visa a venda direta, a preços compatíveis com os praticados em pregões públicos ou com os dos mercados atacadistas locais.
 
A Emater-RO e a Conab já são parceiras de longa data, tanto na cultura do café, no levantamento da safra da produção cafeeira, como no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), entre outras. São ações que vem sendo trabalhadas em conjunto há décadas.
 
O Programa de Vendas em Balcão (ProVB) é um programa que visa contribuir para a renovação constante dos estoques, minimizando assim, a depreciação comercial dos produtos sem que haja desvios.
 
A parceria proposta é que a Emater-RO, por meio de seu corpo técnico, contribua no cadastramento de produtores, habilitando-os ao programa.
 
Os critérios para cadastramento no ProVB exigem que os produtores sejam criadores de aves, suínos, bovinos, bubalinos, ovinos e codornas, e que possuam a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).
 
São exigências que a Emater-RO, pela sua capilaridade no estado, tem amplo conhecimento, podendo oferecer a proposta diretamente ao público determinado.
 
O preço da saca de 60 kg de milho está fixado entre R$ 87,00 (Porto Velho) e R$ 82,20 (Cacoal).
 
Em sua apresentação, o superintendente regional da Conab em Rondônia, Rosemberg Alves Pereira, apresentou os dados apontando que para a primeira quinzena de maio deste ano, por exemplo, o preço do milho para nutrição animal está fixado em R$ 87,00 a saca de 60 quilos em Porto Velho e R$ 82,20 para Cacoal, valor esse que ele considera atrativo para a maioria dos produtores rurais do estado, mas em outros municípios chega a ultrapassar os R$ 90,00.
 
“Essa é uma política do governo federal que visa aos pequenos criadores a possibilidade de obter as mesmas condições de grades criadores, vendendo a um preço interessante, sem concorrer deslealmente com o mercado produtivo”, explica o superintendente.
 
Os gerentes regionais da Emater-RO que participaram do encontro levarão a proposta para os escritórios locais sob sua jurisdição, a fim de disseminar o programa e fazer o levantamento dos produtores em potenciais e do interesse de cada um na proposta.
 
Para o diretor técnico da Emater-RO, Anderson Kühl, esse é um importante canal a ser efetivado, através da parceria Emater/Conab, para inserir os produtores familiares numa produção mais equilibrada, mais racional.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS