DÚVIDAS: Todas as empresas deveriam investir no marketing digital?

Especialistas do IPOG falam sobre o assunto e esclarecem dúvidas de como iniciar nessa jornada

DÚVIDAS: Todas as empresas deveriam investir no marketing digital?

Foto: Divulgação

 

“Empresas que não estão no digital vão morrer.” Essa é a frase do André Gildin consultor em inovação e coordenador do MBA em Marketing no IPOG. Para ele, hoje o consumidor é digital: busca informações, faz compras e pagamentos por canais digitais. O assunto marketing digital ficou ainda mais evidente depois da pandemia: “se as empresas não estiverem preparadas para criar e capturar valor no ambiente digital, vão perder clientes e mercados”, afirma Gildin.

 

Mas será que todas as empresas deveriam apostar no marketing digital e correrem contra o tempo para colocarem sua presença digital para o mundo? De acordo com Nino Carvalho, consultor internacional e coordenador do MBA em marketing no IPOG, não é qualquer empresa que deveria entrar no digital, em alguns casos pode não fazer sentido. 

 

“As empresas que deveriam pensar no assunto ou fortalecer sua presença são aquelas que de alguma maneira podem se beneficiar, ou porque os clientes usam a internet para tomar alguma decisão ou porque os concorrentes estão lá”, comenta Nino. 

 

Falta muito conhecimento da parte de empresas que poderiam ganhar mais espaço ou mais clientes no mundo digital. Muitos negócios estão baseados na confiança e trato individual, o que pode gerar o receio de perder esse contato com o cliente, por exemplo, se delegar a interação para um terceiro, como Marketplace, e-commerce ou APP de entrega. Por outro lado, no mundo digital onde “quem tem acesso ao cliente é rei'', quem consegue coletar informação e dados, poder gerar mais valor conhecendo profundamente o consumidor.  E muitas vezes por não saber o que nem como fazer, diversos negócios ignoram essa possibilidade que pode ser uma grande aliada.

 

Mas afinal de contas o que é esse tal de Marketing Digital? Muitas pessoas ainda acreditam que Marketing Digital é fazer sites, redes sociais, conteúdo, publicidade, Google e Ads. Mas tudo isso é uma parte muito pequena do que seja realmente Marketing Digital. Para Nino, é relevante olhar para toda a porção estratégica, desde compreender o negócio da empresa, trabalhar precificação, escolher canais certos de comunicação e os produtos específicos para o digital. 

 

Neste mesmo ponto de vista André Gildin afirma que não existe o Marketing Digital isolado, e sim o Marketing na Era Digital. Ele comenta ainda que os princípios do marketing não mudaram, que ele existe para suportar a geração e entrega de valor para todos os envolvidos. Continua sendo muito necessário entender sobre o ambiente de negócios, o público alvo, o posicionamento, diferenciais competitivos, os meios ou canais de interação. E o meio digital é mais um canal de integração entre empresa e cliente. 

 

Por onde começar?

 

Sempre comece do ponto de vista do cliente. Onde ele está? O que ele quer? O que ele espera? Como ele se comporta no meio digital?

 

Em seguida pensar nas estratégias: criar o seu posicionamento estratégico e como se diferenciar dos seus competidores. Tomando como base o posicionamento e os objetivos do negócio, a empresa deve criar sua comunicação de acordo com a jornada do seu cliente. Esse conhecimento é de grande importância para não errar nas suas campanhas digitais.

 

A partir deste ponto, a empresa estará pronta para partir para entrar no campo digital!

 

Por outro lado, estar no digital não significa esquecer o mundo “físico” ou offline. As empresas devem analisar o seu ambiente de negócios, entender quem são seus clientes, como eles se comportam para então montar uma estratégia que crie uma experiência diferenciada para o seu público, independente do canal.

 

Educação

 

Foi justamente para atualizar os conhecimentos da graduação em publicidade e propaganda que Amalí Amaro decidiu se especializar em marketing digital pelo IPOG.

Afastada há 12 anos e vendo que o mercado está cada dia mais concorrido, hoje ela já colhe os frutos e fazendo a diferença. “Logo no primeiro módulo eu identifiquei o que buscava  e já estou conquistando a reciclagem. Mais do que isso, me conectei com pessoas de diversos estados, cidades e profissões; esse networking tem sido impagável. Os professores, além de academicamente competentes, têm a vivência prática sobre cada assunto dos módulos, eles são empreendedores, mentores, consultores e o mais importante: extremamente acessíveis.” - comemora Amalí. 

Se ficou interessado e gostaria de saber mais sobre o assunto o IPOG Porto Velho conta hoje com MBAs para formar especialistas em Marketing Digital. Para quem não tem formação acadêmica, ainda oferecem cursos livres como o de Formação em Marketing digital.

O IPOG está no mercado há mais de 20 anos e está presente em todos os estados e no Distrito Federal. Em Porto Velho está desde 2012 e conta com mais de 2 mil alunos.

Para tirar mais dúvidas sobre cursos entre em contato com o IPOG Porto Velho pelo telefone/WhatsApp 69 3025 8333 ou pelo e-mail portovelho@ipog.edu.br

 

Direito ao esquecimento

MAIS DESTAQUES EMPRESARIAIS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS