LAMENTÁVEL: Arcebispo de Porto Velho, Dom Roque, diz que está sofrendo ameaças

LAMENTÁVEL: Arcebispo de Porto Velho, Dom Roque, diz que está sofrendo ameaças

Foto: Divulgação

 

Faça o teste
 
Hoje é o último dia do mês de novembro e com ele termina a campanha do ‘Novembro Azul’, que visa prevenir o câncer de próstata. Mas isso não quer dizer que homens acima de 45 anos não devam procurar fazer os exames para detectar a doença. Quanto mais cedo, foi feito o diagnóstico, maiores são as chances de cura. Então, se você está na faixa de risco para a doença, procure o urologista ou o Hospital do Amor para fazer os testes. Deixe o preconceito de lado e pense na sua saúde, ela é o bem mais importante que você possui.
 
 
Decepcionados
 
Desolação! Esse é o sentimento que tomou conta de muitos brasileiros acampados na porta dos quartéis do Exército, pedindo intervenção militar no país, após verem as cenas mostrando o deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, curtindo a Copa do Catar. O site Metropoles fez uma matéria sobre as postagens de alguns seguidores da família Bolsonaro. Nos textos, disseram que já perderam emprego, esposa e filhos por estarem há mais de 20 dias acampados pegando sol, chuva e tudo mais. Ao que parece, o pessoal está começando a voltar para o mundo real. Veja a matéria do Metropoles nesse link.
 
Ameaçado
 
Dom Roque, arcebispo de Porto Velho, contou em uma extensa reportagem do jornal ‘Folha de São Paulo’ que tem sido alvo de ameaças por parte de alguns frequentadores das missas celebradas por ele. O motivo para tal, seria o forte envolvimento do religioso em defesa do meio ambiente e dos indígenas que habitam a nossa região. A coisa chegou a tal ponto no Brasil, que se você falar em pobreza, distribuição de renda, combate à fome e solidariedade, já é considerado comunista e alvo da sanha de alguns grupos. Minha pergunta é: sobre o que deveria falar um religioso, quando o que diz a Bíblia e justamente pregar a solidariedade? Força, Dom Roque!
 
Fábrica na capital
 
Ontem (28), o Governo do Estado reuniu a imprensa em uma coletiva, para anunciar que Porto Velho terá uma indústria de jeans. A empresa é de Góias e estão sendo investidos R$ 20 milhões na instalação, com a previsão de geração de 800 empregos diretos. Só temos a aplaudir e torcer para que dê certo e outras empresas sigam o mesmo caminho e venham para Rondônia.
 
 
Produção local 
 
Aliás, já foi dito aqui na coluna, que é necessário beneficiarmos as matérias primas produzidas em nosso Estado, aqui mesmo. Um exemplo, é que temos um dos maiores rebanhos bovinos do país, porém, todos os produtos de couro que compramos em Rondônia, são fabricados em outros Estados. Ou seja, o couro saí de Rondônia, é transformado em produtos e retorna, beneficiado, para Rondônia. Seria interessante se mudássemos essa rota.
 
Alan Queiroz
 
A liderança do Governo de Rondônia, na Assembleia Legislativa de Rondônia, está com o deputado estadual Alan Queiroz (Podemos). Ele é um político experiente, é de Porto Velho, sabe manter o equilíbrio e consegue transitar com facilidade entre políticos de várias agremiações partidárias. Com certeza, foi uma escolha acertada de Marcos Rocha. Sucessos!
 
 
Corte na Unir
 
Em pleno momento do jogo do Brasil, o Governo Federal marcou mais um gol contra. Dessa vez, ou mais uma vez, o alvo do facão foram as universidades federais. No meio do ano, foram bloqueados R$ 438 milhões do orçamento dessas instituições e, agora, ocorre mais uma retirada de recursos, da ordem de R$ 244 milhões. Esse dinheiro seria usado para o pagamento de luz, empregados terceirizados, contratos e serviços, bolsas, entre outros. Isso praticamente, inviabiliza o funcionamento dessas instituições que são de grande importância para o país. 
 
 
R$ 5 Bilhões
 
Porém, por outro lado, o Governo Federal anunciou que o Exército Brasileiro pagará R$ 5 bilhões na compra de 98 blindados de fabricação italiana. Ou seja, carros de guerra. A pergunta que não pode calar é: o Brasil está em guerra para gastar, nesse momento, dinheiro com carros de combate? Não. Isso só comprova que Ciência e Educação não são prioridades. Triste isso!
Direito ao esquecimento

O que você irá fazer neste carnaval?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS