AÇÃO: Operação Lamassu mirou em um antigo problema rondoniense

AÇÃO: Operação Lamassu mirou em um antigo problema rondoniense

Foto: Divulgação

 

Espantado
 
Um grande susto! Foi o que aconteceu com o deputado estadual Jesuíno Boabaid, no ínicio da tarde da última quinta-feira(17), quando ficou preso dentro de um dos elevadores do prédio da Assembleia Legislativa de Rondônia. Mas ao final, a situação se resolveu e todos saíram sãos e salvos. O motivo teria sido uma queda de energia. Sorte!
 
Homens de preto
 
Como a coluna já havia avisado, os homens de preto iam visitar algumas casas em Porto Velho esses dias. Ontem(17), isso aconteceu! Foi desencadeada a Operação Lamassu, feita pela Polícia Federal em conjunto com a Polícia Civil e o Grupo Especial do Ministério Público. Foram 32 mandados de busca e apreensão, cinco de prisão e um de afastamento de cargo público. A ação coloca em evidência um problema já conhecido dos rondonienses, que é a questão agrária. Esse deveria ser um ponto em que as autoridades políticas e governamentais deveriam se ater com mais atenção.
 
Ameaças
 
O que chamou a atenção no grupo, alvo da operação, foram os envolvidos, composto por advogado, delegados da PC, Policiais Civis e Militares. Eles atuavam, segundo as investigações, como milícia armada, fazendo ameaças e intimidações, a quem se aproximava da fazenda Norbrasil, conhecida como "Galo Velho", no distrito de Nova Mutum-Paraná, em Porto Velho.
 
Outros lugares
 
Essa região é conhecida pelos constantes conflitos por terras, com várias mortes violentas. Além de Porto Velho, os mandados também foram cumpridos em Porto Velho (RO), Vilhena (RO), Ariquemes (RO), Cassilândia (MS) e Brasília (DF).
 
Militares
 
Para muita gente são considerados um exemplo de honestidade para muitos brasileiros, que sonham com os militares no poder novamente. Mas, um relatório apresentado pelo Tribunal de Contas da União(TCU), mostrou que a coisa não é bem assim. Existe uma parcela nesses servidores públicos que acaba com a reputação de todos. O levantamento do TCU identificou que 79 mil militares receberam o Auxílio Emergencial indevidamente no primeiro mês do benefício.
 
Espertos
 
 
Os dados foram apresentados pelo presidente em exercício do TCU, ministro Bruno Dantas, onde destacou que a coleta das informações só foi possível após o TCU determinar que o Ministério da Cidadania tornasse público a lista dos beneficiários. Bruno disse ainda que os militares receberam indevidamente porque um dos critérios de elegibilidade era que as pessoas fossem desempregadas. Esse não é caso dos militares!
 
 
Relax
 
Café Recanto Verde é uma dica da coluna para o final de semana. Ele fica na rua Dimarcy Oliveira, 1499, São João Bosco, na zona Norte, na parte central de Porto Velho. Abre aos domingos, entre 08:00 e 12:00, com um belo café regional, na companhia de muita natureza e animais em um ambiente familiar e aconchegante. O espaço também pode ser alugado para eventos. Mais informações pelo telefone 99227–6262 ou no instagram caferecantoverde_
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS