Você Conhece o profissional Técnico de Segurança do trabalho?

Com o intuito de diminuir o número de acidentes de trabalho, as empresas precisam contar com Técnicos de Segurança do Trabalho qualificados para fiscalizar os trabalhos e assim evitar danos a integridade física e psicológica dos colaboradores.
 
O papel do Técnico em Segurança do Trabalho é importante, pois de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a cada 15 segundos, 153 pessoas sofrem acidentes de trabalho em todo o mundo. O Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de acidentes no local de trabalho.
 
Algumas funções atribuídas ao Técnico em Segurança do Trabalho, conforme a Portaria Nº 3.275 de 21 de setembro de 1989.
 
a) A primeira função do Técnico de Segurança é informar e propor soluções ao empregador sobre os riscos existentes. Assim como deixar os funcionários cientes dos riscos e das medidas que serão tomadas para solucionar. O profissional também deve analisar os métodos do trabalho e identificar os riscos de doenças ocupacionais, acidentes de trabalho ou agentes ambientais agressivos e propor medidas de eliminação ou controle.
 
 
b) Executar procedimentos de segurança e higiene, acompanhar os resultados e adequar estratégias de prevenção também estão entre as funções do profissional desta área.
 
 
c) O profissional também deve realizar programas de prevenção a possíveis riscos, acompanhar os resultados e sugerir atualizações nestes procedimentos. Além de promover eventos de discussão didáticas para evitar os possíveis acidentes e doenças ocupacionais.
 
 
d) Organizar períodos de reforma ou construções com procedimentos padrão de segurança e higiene a serem seguidos por todos que estiverem transitando no local. Encaminhar para todos os setores as análises, normas e demais dados para o autodesenvolvimento dos trabalhadores.
 
 
e) Solicitar e inspecionar equipamentos de proteção contra incêndio e demais recursos indispensáveis e didáticos. Levar em consideração os requisitos da legislação vigente e o seu desempenho.
 
 
f) Estimular e cooperar com atividades de preservação ao meio ambiente, como a destinação de resíduos. Como também, orientar empresas contratadas sobre os procedimentos de segurança a serem seguidos na empresa durante a execução das atividades.
 
 
g) Utiliza de métodos científicos para executar as atividades relacionadas à segurança e higiene do trabalho. 
 
 
h) O Técnico de Trabalho em Segurança deve realizar um levantamento estatístico sobre os casos de acidentes ou doenças ocupacionais, avaliando a periodicidade desses eventos, propondo ajustes para estimular a prevenção.
 
 
i) Relacionar-se com os Recursos Humanos, fornecendo análises precisas para que sejam adotadas medidas de prevenção em nível de pessoal. E ainda, informar a todos sobre as atividades insalubres, perigosas e penosas bem como seus riscos e as alternativas para neutralizar ou eliminá-las. 
 
 
j) Avaliar as condições ambientais de trabalho e emitir parecer técnico para o planejamento do trabalho de forma segura para o trabalhador. Relacionar-se com órgãos e entidades ligados à prevenção de acidentes ou doenças e do trabalho. E participar de eventos de atualização e aperfeiçoamento profissional.
 
 
 
O Decreto Lei 92.530 de 09 de Abril de 1989. Que regulamenta a Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985, que dispõe sobre a especialização de Engenheiros e Arquitetos em Engenharia de Segurança do Trabalho, a profissão de Técnico de Segurança do Trabalho e dá outras providências.
 
O Técnico de Segurança do Trabalho tem papel importante dentro das organizações públicas e privadas, mas sabemos que muitas das vezes esse citado profissional não é lembrado e não é contratado, esse profissional trabalha com antecipação de possíveis sinistros nos ambiente laborais. 
 
 
Edivaldo Coelho da Silva
 
Consultor Técnico de Segurança do Trabalho
 
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS