BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

RO'S 383, 490 e 010: Jean Oliveira cobra do DER plano de trabalho para recuperação de rodovias

O deputado Jean Oliveira (MDB), iniciou seu questionamento a equipe de direção do DER, afirmando que “está tendo um descompasso entre a real necessidade daquilo que o estado de Rondônia precisa e a capacidade de gestão da equipe que hoje está à frente do DER”

ASSESSORIA

30 de Abril de 2020 às 14:59

Atualizada em : 30 de Abril de 2020 às 15:34

Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa de Rondônia, convocou,  a direção-geral, coordenadores e técnicos do Departamento de Estradas de Rodagens e Transporte de Rondônia (DER), para serem ouvidos, na sessão ordinária de terça-feira (28), transformada em Comissão Geral, e  prestarem esclarecimentos sobre as ações do órgão, quanto a situação precária das rodovias de Rondônia.  
 
 
Inoperância na Gestão
 
 
O deputado Jean Oliveira (MDB), iniciou seu questionamento a equipe de direção do DER, afirmando que “está tendo um descompasso entre a real necessidade daquilo que o estado de Rondônia precisa e a capacidade de gestão da equipe que hoje está à frente do DER”.
 
 
Jean Oliveira disse que infelizmente não teve o mínimo de progresso necessário, na condição de representante do povo de Rondônia, nas demandas que levou ao diretor geral do DER e que nunca fui devidamente atendido.
 
 
“Minha reclamação é de que o diálogo é muito ruim. O pior possível. A comunicação não acontece da forma que é combinada. Vamos ao DER, leva-se prefeitos, vereadores, lideranças comunitárias em geral, comissões de pessoas que vão levar suas reivindicações e se acorda uma resposta aos pleitos, e depois, essa resposta não acontece conforme foi acordado. Infelizmente é isso que tem acontecido no DER. E nós estamos vendo com os próprios olhos, andando nas estradas, sentindo, o quanto está faltando ação do DER no nosso Estado”, denunciou o deputado.
 
 
Recuperação da RO 383
 
 
No seu questionamento o deputado relatou que a rodovia RO 383 já foi recuperada algumas vezes e que, recentemente, se fez um tapa-buraco, e hoje, dia 28 de abril, de 2020, “ nós já estamos encontrando, buracos, panelas. . Não é buraquinho, é panela; numa rodovia que acabou de ser restaurada em setembro do ano passado”, chamou atenção o parlamentar.
 
 
“Já não se tem mais trafegabilidade na RO 383.  Ela já se tornou buraco em cima de buraco. Quero lembrar  que  muitos trechos da RO 383 são urbanos,  passa por dentro da cidade de Rolim de Moura, da cidade de Alta Floresta, da cidade de Santa Luzia, e no trecho que passa dentro da cidade de Rolim de Moura, passa em frente a Faculdade Farol, passa em frente da empresa do vice-governador, e a estrada  está em estado precário”, denunciou o deputado.
 
 
O deputado, no final do seu questionamento, requereu de forma legal e oficial, que a mesa encaminhe ao DER, um ofício solicitando todo planejamento da recuperação da 383. Se já foi feito levantamento, do que precisa ser feito, se existe projeto de engenharia. “Porque só saber que precisa restaurar, isso qualquer cego sabe, porque sente, quando está andando de carro, a situação em que a estrada se encontra”, disse o deputado.
 
 
Outras cobranças
 
 
Jean Oliveira falou ainda sobre a necessidade de restauração da RO-490, ligando Alto Alegre dos Parecis, até o entroncamento da RO-383.  “Existe algum planejamento para a restauração da rodovia 490, no trecho citado?”, perguntou o deputado a direção do DER.
 
 
O deputado também cobrou o projeto de recuperação ou restauração da rodovia 010 que liga Pimenta Bueno até São Miguel do Guaporé, no trecho do distrito de Migrantinópolis   até o município de Rolim de Moura, indo até o distrito de Nova Estrela.
 
 
Outro ponto questionado pelo deputado foi quanto a substituição de pontes de madeira por pontes de concretos nas rodovias não pavimentadas. “ Quero saber se o DER está fazendo este levantamento, se tem estudos para compra de novos equipamentos , uma vez que muitas das vezes, a gente sabe que o DER dá desculpa que os equipamentos estão estragados  ou quebrados, enfim, gostaria de saber se tem algum planejamento para compra de novos equipamentos para o DER?”, cobrou Jean Oliveira.
 
 
O parlamentar criticou o diretor geral, coronel Meireles, quanto perseguições sofridas por alguns funcionários. “Quero aqui fazer uma crítica a gestão do coronel Meireles quanto a perseguição a muitos servidores que ficaram do governo passado. Servidores que ficaram em locais estratégicos, não são de gabinete, são lá da ponta, nas residências.  Porque não são indicação do atual governo, esses servidores com bons currículos, são escrachados; pessoas que tem o currículo muitas vezes melhor do que aquele que o substituiu, e foi substituído porque, às vezes, não é do mesmo grupo político. Infelizmente isso tem acontecido”, denunciou. 
 
 
Ao encerrar, dizendo  não estar satisfeito com as respostas do diretor geral do DER, o deputado afirmou: “Fica aqui registrado minha insatisfação coronel Meireles.   Tenho o maior respeito pela sua pessoa, mas a  gestão infelizmente não está dando certo, não tem dado certo. O estado de Rondônia depende muito desse órgão para continuar a avançar, a progredir, e a sua gestão,  está sendo um entrave para o desenvolvimento de Rondônia, com as estradas nesse estado precário em que se encontram”.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS