BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EDUCAÇÃO: Organização faz vídeos voltados para comunidades tradicionais na capital

O objetivo é a prevenção às infecções sexualmente transmissíveis entre moradores das áreas rurais de Porto Velho

RONDONIAOVIVO

09 de Setembro de 2020 às 14:16

Atualizada em : 09 de Setembro de 2020 às 15:24

Foto: Divulgação

 

As doenças sexualmente transmissíveis é o tema de uma série de vídeos voltados para aa comunidades tradicionais de Porto Velho. Essa é a ação feita pela Associação Beradeiro, que trabalha com esses grupos e visa a (re)educação pautada na saúde sexual de adolescentes, jovens, adultos, idosos e seus familiares, residentes em comunidades do campo, da floresta e das águas, buscando proporcionar melhorias na qualidade de vida deles.

 

Os vídeos são temáticos, produzidos pela equipe de profissionais de saúde e de educação, voluntários da associação, contendo uma linguagem clara, objetiva, direcionada ao público-alvo da entidade.

 

Para o apoio nesse projeto, foram selecionados e cadastrados um grupo de cerca de 50 influenciadores digitais, compostos por adolescente e jovens residentes nas comunidades atendidas, cuja função é postar e divulgar amplamente os conteúdos produzidos em suas redes sociais (WhatsApp, Facebook, Instagram, YouTube, etc), de amigos e familiares, bem como em outras mídias digitais de interesse das comunidades.

 

Além destes, foram estabelecidas diversas parcerias como: presidentes de associações de moradores, igrejas, rádios comunitárias, empresas de transportes coletivos da área urbana e rural, para que os vídeos fossem reproduzidos e alcançassem o maior número de pessoas.

 

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, da capital, de janeiro a julho de 2020, já foram registrados em Porto Velho cerca de 200 casos de sífilis, 36 casos de hepatites B e C e 72 casos de HIV em adultos na cidade.

 

Estes dados representam a importância desse projeto para manter as ações de prevenção em meio a pandemia. Até o presente momento, foram confeccionados 10 vídeos, sobre as temáticas de prevenção das ISTs e outros temas de interesse a saúde pública local. O projeto está em andamento e a proposta é manter a estratégia até o fim da pandemia.

 

Quer saber mais sobre a Associação Beradeiro, acesse: https://associacaoberadeiro.org/

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS