DE PORTO VELHO: Estudante de Jornalismo tem mais de 20 filmes aprovados no Festival do Minuto

Todas as produções de Kelven Félix são realizadas usando apenas o celular

DE PORTO VELHO: Estudante de Jornalismo tem mais de 20 filmes aprovados no Festival do Minuto

Foto: Arquivo pessoal

Kelven Félix, 22 anos, é estudante de jornalismo e realiza projetos audiovisuais com seu celular desde 2018 na cidade de Porto Velho, tendo mais de 20 filmes aprovados no Festival do Minuto, e alguns curtas metragens realizados independentemente e postados em seu canal no Youtube.

 

Seu último projeto, o roteiro de longa-metragem de ficção chamado “Vida Tropical”, foi aprovado pela Lei Aldir Blanc.

 

O roteiro conta a história de Luan, um jovem que vive com sua mãe Maria Rita na periferia de Porto Velho. Após perder o emprego, o garoto passa os dias indo até o centro da cidade em busca de um novo trabalho.

 

Assim que consegue uma oportunidade sua mãe sofre um acidente e, por conta da superlotação de um hospital público, ela precisa de apoio particular para sobreviver. Para isso, Luan recorre ao seu irmão de criação que não vê há nove anos. Seu irmão é líder de um grupo de assaltantes a casas de luxo. Após o encontro, Luan termina embarcando em uma vida de crimes.

 

“Esse roteiro reflete muito um sentimento coletivo de quem cresce em um ambiente totalmente propício a pobreza e a violência. Luan não é um personagem surgido do nada, e sim a personificação de muitos jovens que veem no crime a única solução para seus problemas em um país tão desigual quanto o nosso”, afirma Kelven Félix, que mora desde criança em um bairro periférico da zona Leste da capital.

 

Live

 

No sábado,31, ele realizou uma live onde abordou “As Cores da Desigualdade Social no Brasil”, com a participação da Doutora em Ciência da Informação e Professora Adjunta da Escola de Ciência da Informação da UFMG, Ana Paula Meneses Alves, e Franciéle Garcês, bibliotecária negra, Mestra e doutoranda em Ciência da Informação na Universidade Federal de Minas Gerais.

 

Também foi lançado na ocasião um pequeno documentário “Vivência e Estudos”, que mostra as desigualdades sociais enfrentadas por pessoas de baixa renda em Rondônia e nos demais estados.

 

Essa foi a segunda live realizada para o projeto Vida Tropical. A primeira, no dia 26 de abril deste ano, foram abordadas as principais características do filme, como dados de locação, ficha de personagens, planos de produção e distribuição etc.

 

O canal do Youtube do estudante Kelven da Silva Félix

 

Lei Aldir Blanc

 

O roteiro Vida Tropical foi realizado através do apoio da Lei Aldir Blanc e do Governo do Estado de Rondônia por meio do EDITAL N° 83/2020/SEJUCEL - CODEC 1° EDIÇÃO ALEJANDRO BEDOTTI DO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO DE FOMENTO À CULTURA PARA PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE EXPRESSÕES CULTURAIS. EIXO 1 - ITEM 1 - PESQUISAS ARTÍSTICAS CINEMATOGRÁFICAS.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS