close

TRANSPORTE ESCOLAR: “O que eu posso fazer é desmanchar a intervenção”, diz Hildon Chaves

O serviço de transporte escolar rural está sob responsabilidade do secretário estadual de educação, Suamy Vivecanda, nomeado interventor

RONDONIAOVIVO

20 de Setembro de 2019 às 09:26

TRANSPORTE ESCOLAR: “O que eu posso fazer é desmanchar a intervenção”, diz Hildon Chaves

FOTO: (Divulgação)

Nesta última quarta-feira (18) o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) se reuniu com pais de alunos da zona rural portovelhense que estão sem estudar desde o ano passado em decorrência da inexistência do serviço de transporte escolar na região.

 

 

VEJA MAIS:

 

 

Nitidamente inquieto com as indagações da comunidade, o prefeito alegou que logo de início que se antes da intervenção do serviço já estava ruim, agora piorou. “O que era ruim ficou pior, nós tínhamos 120 ônibus, faltava vinte, agora é bem mais”, disse Chaves.

 

Em certo ponto da conversa o prefeito chegou a levantar e pedir que um dos pais saísse do local, porém os ânimos se apaziguaram e a reunião seguiu em frente. Hildon negou que estivesse parado em relação a esse caso: "nesse momento o que eu posso fazer, o que eu posso fazer é desmanchar isso para voltar da forma que estava”.

 

 

 

 

VEJA MAIS: 

 

 

 

O serviço de transporte escolar rural está sob responsabilidade do secretário estadual de educação, Suamy Vivecanda, nomeado interventor.

 

Nesta sexta-feira (20) uma comissão de deputados federais de diversos pontos do Brasil estará em Porto Velho para debater o tema em uma Audiência Pública que será realizada na Assembleia Legislativa. Hildon ainda não confirmou se irá explicar aos congressistas o que de fato ocorreu com a sua gestão para que a situação chegasse a tal ponto.

 

 

VEJA MAIS:

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS