BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

APOIO: Implantação de museu e emendas foram temas de reunião entre Confúcio e Marcos Rocha

Confúcio Moura destinou mais R$ 20 milhões para a educação de Rondônia em 2019

ASSESSORIA

12 de Fevereiro de 2020 às 11:51

Foto: ASSESSORIA

O senador Confúcio Moura (MDB) recebeu nessa de terça-feira (11), o governador Marcos Rocha (PSL) para falar das emendas destinadas ao estado, prefeituras, instituições filantrópicas e, ainda, a respeito da criação do Museu da Memória Rondoniense, que será na antiga sede do governo de Rondônia, Palácio Getúlio Vargas, em Porto Velho.

 

Confúcio Moura destinou mais R$ 20 milhões para a educação de Rondônia em 2019, e afirmou ao governador que apoia o Governo do Estado e os prefeitos em suas necessidades básicas. “Esses R$ 20 milhões serão distribuídos aos municípios, para as escolas estaduais”, enfatizou o parlamentar.

 

Ainda de acordo com o senador, já foram depositados recursos de R$ 1 milhão para o Barco Hospital Walter Bártolo, e o mesmo valor também já foi liberado para atender o Hospital de Amor da Amazônia (Hospital do Câncer). Recursos para o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), para a Patrulha Maria da Penha e instrumentalização da Polícia Militar também foram oriundos de emendas do senador.

 

 

Museu da Memória Rondoniense

 

O governador Marcos Rocha agradeceu a parceria com o senador Confúcio e disse que ninguém faz nada sozinho, enfatizou que precisa de toda a classe política trabalhando em conjunto para fazer com que as coisas aconteçam.  “Além de várias emendas que destina à Rondônia, Confúcio também designou um recurso para que nós tenhamos no antigo Palácio Getúlio Vargas, um Museu”, disse o governador.

 

 

 

 

O Palácio Getúlio Vargas é muito antigo. Eu fui o último governador a despachar lá. Tenho muita honra de ter fechado as portas do Palácio. De lá, fomos para o Palácio Rio Madeira, que é muito bonito e atende todo mundo”, explicou o senador, ressaltando que no Palácio Getúlio Vargas todos os governadores do ex-território passaram por lá.

 

Marcos Rocha disse que o Museu da Memória Rondoniense será importante para a população conhecer a história, onde alunos e a população em geral poderão entrar e ver as fotos, inclusive dos governadores que fizeram história.

 

Confúcio Moura lembrou dos governadores militares e civis nomeados, e ainda dos primeiros governadores eleitos do Estado de Rondônia. “Jerônimo, Angelim, Pianna, Bianco, Raupp, Cassol e eu. Agora temos o compromisso de transformar aquele nobre palácio num centro de visitação histórico. Vai ser um ponto de encontro dos estudantes, de romaria de visitantes. Haverá um vasto acervo bibliográfico, vídeos, documentos, fotografias, mais ou menos como o Memorial JK, aqui em Brasília”, detalhou.

 

Confúcio Moura explicou que o museu será um ponto de pesquisa científica para alunos do ensino básico ao superior. “Esse museu será simplesmente fantástico. Será construído e inaugurado pelo governador Marcos Rocha. E eu vou aplaudir com muito orgulho e satisfação”, brincou.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS