BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

FICOU NA PROMESSA: Hildon Chaves não conseguiu transformar PVH em Rio Branco

Chaves gravou uma série de vídeos onde mostrava a infraestrutura dos serviços básicos disponibilizados à comunidade riobranquense

DA REDAÇÃO - João Paulo Prudêncio

23 de Janeiro de 2020 às 15:00

..

 

No ano de 2016, em plena corrida eleitoral, e já mostrando força em sua campanha que inicialmente era considerada uma aposta longe de se tornar realidade, o então candidato a prefeito de Porto Velho, Dr. Hildon Chaves, pegou seu avião e partiu para a cidade de Rio Branco, capital do estado do Acre.

 


Em terras acreanas, Chaves gravou uma série de vídeos onde mostrava a infraestrutura dos serviços básicos disponibilizados à comunidade riobranquense. Entre estes, dois pontos importantes: o terminal urbano para o transporte coletivo e a nova rodoviária.

 

Em seu vídeo, Hildon Chaves é enfático ao afirmar que a situação precária desses serviços na capital Rondônia se dava por conta da ineficiência de gestão executiva.

 

 

“As imagens que acabamos de ver ilustram duas coisas: a de uma cidade bem administrada e a de uma cidade mal administrada e que não respeita os seus habitantes, os seus moradores”, exclamou Hildon Chaves.

 

2020 e ficou pior do que estava

 

Com poesia e propostas que encheram os olhos dos portovelhenses Hildon Chaves venceu o pleito e assumiu a Prefeitura de Porto Velho no dia 01 de janeiro de 2017, nessa época o terminal urbano, de forma precária, ainda funcionava.

 

Três anos depois, o terminal urbano da capital de Rondônia está abandonado e se transformou em uma “Vila do Crack”. O cenário é muito distante da confortável e limpa estrutura fornecida na cidade de Rio Branco à sua população. Em nossa cidade, ao contrário, ficou pior do que estava.

 

 

Já a rodoviária permanece como o cartão postal mais vergonhoso de Porto Velho. Em uma entrevista recente concedida a um programa de televisão local, Chaves disse que esse espaço não era de sua competência uma vez que a rodoviária pertence ao Governo de Rondônia. Porém, durante a campanha eleitoral, quando prometeu resolver  o problema, esse fator não foi levado em consideração.

 

O fato é que após três anos de Hildon Chaves à frente do município de Porto Velho, ainda estamos longe possuirmos um espaço público municipal do porte dos que foram apresentados e prometidos pelo então candidato.

 

Veja vídeo:

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS