BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CIDADE DA CULTURA: Eyder Brasil defendia projeto antes mesmo de ser empossado deputado

"Ao sairmos daquela reunião, tínhamos a certeza que a nossa capital, enfim, ganharia uma espaço digno para a cultura do estado", relembrou

ASSESSORIA

12 de Dezembro de 2019 às 11:46

Foto: ASSESSORIA

Defensor assíduo da Cultura do Estado, o deputado estadual e líder do governo Eyder Brasil (PSL) comemorou a assinatura da Construção do Centro de Convenções, denominado Cidade da Cultura e a autorização da reforma do estádio Aluízio Ferreira, pelo governador Coronel Marcos Rocha.

 

O deputado lembrou que mesmo antes de ser empossado deputado estadual, já participava das reuniões que tratava sobre o assunto. "Em dezembro do ano passado, se reunimos no DER para tratar sobre a Cidade da Cultura. Ao sairmos daquela reunião, tínhamos a certeza que a nossa capital, enfim, ganharia uma espaço digno para a cultura do estado", relembrou.

 

O valor contratado da licitação é de R$ 12,8 milhões, recurso oriundo da União, através do Ministério do Turismo. O prazo para entrega dos serviços contratados para o Centro de Convenções é de 540 dias. A assinatura da ordem de construção aconteceu no dia 04 de dezembro, pelo então governador Marcos Rocha.

 

A obra de reforma e modernização do estádio Aluízio Ferreira, envolve um montante de R$ 742.386,73, investimento também oriundo da União, através do Ministério da Cidadania. Já esta reforma deve durar cerca de seis meses.

 

Eyder ainda destacou que ambas as obras é um alinhamento da bancada federal e governo estadual, que estavam parados desde 2017. "Esse investimento poderia ser perdido. O presidente Bolsonaro foi sensível em ampliar o prazo para início da execução das obras, cujo, até o dia 31 deste mês", pontuou. 

 

 

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS