BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EM BRASÍLIA: Deputado federal Mauro Nazif exige que Aneel não dê revisão tarifária da Energisa

A Energisa teve reajuste no final de 2018, e pediu um novo reajuste, de cerca de 20%, que entraria em vigor a partir de dezembro de 2019

ASSESSORIA

16 de Outubro de 2019 às 17:48

Foto: ASSESSORIA

O deputado federal Mauro Nazif participou de audiência pública na Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, 15, em Brasília. A reunião tinha o intuito de conceder revisão tarifária extraordinária de energia elétrica no estado de  Rondônia e  foi solicitada pelo Grupo Energisa.

 

A Energisa teve reajuste no final de 2018, e pediu um novo reajuste, de cerca de 20%, que entraria em vigor a partir de dezembro de 2019. Nazif não poupou críticas em sua fala, "Sai fora de Rondônia Energisa! Vocês são a maior aberração que o povo já viu, que aconteceu naquele estado. Vocês estão acabando com a vida de milhares de pessoas daquele estado. Nunca vi algo tão maléfico como essa empresa, a Energisa. Vocês não podem colocar a cara pra fora! Vocês não são bem-vindos em nenhum dos 52 municípios do estado", disse Nazif.

 

 

 

 

Mauro também responsabilizou a ANEEL, “Quando a Enegisa vem pedir revisão extraordinária, ela se baseia no contrato aonde a ANEEL permitiu de maneira extraordinária que a qualquer momento a empresa pudesse pedir revisão. A ANEEL também é complacente nisso e condizente com tudo que está acontecendo e tem que chamar para si a responsabilidade, principalmente para um estado exportador de energia, como Rondônia, e lá não fica nenhum centavo desse produto. A ANEEL tem a obrigação de acabar com essa matéria. Isso não cabe! Pedir uma revisão para aumento de tarifa, sendo que na conta do consumidor tem mais de100% de reajuste. Para, vamos falar a verdade! Isso que vocês estão fazendo não é digno”.

 

E cobra o governo do estado, “Cadê o governo que deveria estar aqui participando, e defendendo o povo do estado. O povo de Rondônia está chorando”, falou Mauro.

 

Ao final da audiência, após o voto contrário à revisão da relatora Dra. Elisa Bastos, o presidente da ANEEL, André Pepitone e os demais membros da diretoria votaram por unanimidade pelo indeferimento do pedido de reajuste tarifário solicitado pela Energisa. “Vitória do povo de Rondônia”, finaliza Nazif.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS