BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Presidente da FUNSPRO diz que terceirização prejudica os servidores públicos

Presidente da FUNSPRO diz que terceirização prejudica os servidores públicos

Da Redação

03 de Novembro de 2015 às 14:07

Foto: Divulgação

Tito Paz representante da  Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), e presidente da  Federação Unitária dos Trabalhadores no Serviço Público no Estado de Rondônia (FUNSPRO),     ao usar a tribuna na audiência pública que aconteceu na tarde da última  quinta-feira (22), na Assembleia Legislativa para debater o Projeto de Lei 30/2015, que dispõe sobre os contratos de terceirização e as relações de trabalho deles decorrentes., disse que caso aprovado essa matéria em votação no senado federal, os principais prejudicados serão os servidores  público em todo o estado de Rondônia  e no Brasil.

Conforme Tito, como liderança e dirigente sindical não poderia ficar calado, mediante uma proposta tão nefasta dessas, que joga contra os interesses dos servidores públicos, lamentando que a maioria dos deputados federai de Rondônia, votaram a favor desse projeto de lei, citando Mariana Carvalho, Lindomar Garçon, Nilton Capixaba, Luiz Claudio e Expedito Neto.

O líder Sindical, fez um pedido especial ao deputado Jesuíno Boabaid, que presidia a audiência pública, para que intercedesse junto aos  senadores de Rondônia, para que  quando o Senado Federal for  apreciar a matéria, rejeite-a, pois como foi aprovada na Câmara dos Deputados, ela regimentalmente precisa ser submetida ao senado da república, e  nossa esperança é que nossos senadores, juntamente com todo o senado , rejeite essa matéria que prejudica em muito nossos servidores públicos.

A audiência contou com a participação do senador Paulo Paim (PT-RS), proponente da audiência, e relator da matéria e contrário à aprovação do Projeto de Lei 30/2015.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS