BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Vereadores, Viadutos, Trindade e Nazif - Por Paulo Andreoli

Vereadores, Viadutos e a enrolação de Nazif - Por Paulo Andr

Da Redação

04 de Junho de 2013 às 11:36

Foto: Divulgação

ELEFANTES BRANCOS

 

A Câmara de vereadores de Porto Velho convocou o prefeito Mauro Nazif para prestar esclarecimentos sobre as quantas andam as obras do complexo de viadutos da capital. A obra do Governo Federal com recursos do PAC – ( Programa de Aceleração do Crescimento) teve seu contrato assinado em 2008, inicio em 2009  e até hoje (Junho de 2013) continua inacabada. Um claro exemplo de má gestão do dinheiro público.

 

ATRASADO

 

Marcada para ás 15hs desta segunda-feira (3),  a audiência contou com a presença do procurador da república Reginaldo Trindade, que chegou com pontualidade britânica a CMPV. Já Mauro, chegou depois do inicio da sessão ( mais de 30 minutos de atraso) e foi recebido com uma sonora vaia dos professores da rede municipal que estão em greve e lotavam as galerias da casa de leis mirim.

 

CLAQUE

 

Além dos professores, assessores e praticamente todos os secretários da prefeitura se fizeram presentes, demonstrando que a atual gestão padece de falta de gerenciamento e comando.

 

Explico. Algumas secretarias fazem parte do processo “Viadutos”, entre elas a Sempre, Semtran, Sema, Semob, Semusp. Deviam estar lá seus representantes para responder questionamentos.

 

Agora alguém pode me explicar o que estavam fazendo num dia de trabalho “comum” secretários de pastas como Cultura, Esporte, Turismo, Educação e outras na CMPV. Em que podem colaborar no processo?

 

 Vamos trabalhar e deixar de “politicagem”, que Porto Velho requer dedicação integral.

 

FALANDO A VERDADE

 

O engenheiro Claudio Roberto da Sempre - Secretaria de Projetos Especiais disse que a prefeitura não tem estrutura logística para o controle tecnológico e geométrico da obra.

 

Também relatou que fica claro que houve uma falta de planejamento na execução do projeto.

 

Alguém duvida do profissional?

 

VEREADORES

 

Quando foram abertas as falas aos vereadores, a audiência esquentou.

 

O vereador Aélcio da TV disse que se sentia lesado pelo Dr. Mauro que no começo do ano, quando estiveram vereadores e prefeito em Brasília, garantiu que até maio faria a licitação. Agora com o vencimento do prazo do termo de compromisso no próximo dia 13 de junho, sem uma ação célere da PMPV e com certeza que o certame licitatório só vai acontecer no final do ano, sentia-se enganado.

 

Pediu que devolvesse as obras do viaduto para o Dnit. E ainda jogou na cara de Mauro e seus pares que não indicou nenhum aliado para cargo comissionado na gestão de Nazif para ter tranquilidade e moral para cobrar o prefeito.

 

Alguns vereadores ficaram de cabeça baixa. E nós eleitores podemos ter certeza que o velho esquema político que castigou Porto Velho durante os últimos oito anos continua.

 

Ou alguém duvida que a antiga legislatura da CMPV se “postava de quatro” para a gestão petista. Tudo mundo comia na panela do prefeito. Até os que na campanha alegaram ser combativos (as), eram farinha do mesmo saco do desmando. Fiscalizar que era bom...

 

CAIXA PRETA

 

Além da voz corrente entre os vereadores que Mauro deve devolver o “abacaxi” dos viadutos para o Dnit, outra cobrança foi taxativa.

 

Por que Nazif não fala como encontrou a Prefeitura de Porto Velho?

 

Assim cobrou o vereador Din-Din do distrito de União Bandeirantes, o Jair Montes,  Fogaça entre outros.

 

Nazif não responde. Tangência na resposta. Faz cara de desentendido.

 

Então para ajudar os vereadores a entender a questão, tem que ficar claro que no segundo turno do embate eleitoral de 2012, Nazif fez um acordo com os petistas para apoio na sua eleição.

 

Este acordo incluía o “sepultamento” dos malfeitos dos petistas na capital. Mesmo sabendo que havia muita coisa errada, Mauro concordou em fechar o bico e nada “fuçar” na administração de Roberto Sobrinho.

 

O que o turco não contava, era que parte dos seus amigos na gestão passada terminaria na cadeia. Isto não estava no “combinado”. Mesmo assim, Mauro continua fiel aos petistas. Pegou a capital destroçada e paga com silêncio pelo acordo. Deve ter sido bom para o “brimo” o negócio. E ruim para nós portovelhenses.

 

SILÊNCIO

 

Não passou despercebida a participação do ex-lider do prefeito Roberto Sobrinho, vereador reeleito Marcelo Reis. O vereador sentou fora de seu assento, entrou mudo e saiu calado da audiência. Então tá.

 

GRAMA

 

Já o presidente da CMPV, vereador Alan Queiroz levantou a questão da grama esmeralda, recém plantada nas laterais do viaduto. Perguntou se ela não fazia parte do esquema do antiga gestão, que foi denunciada por ter registrado preço no valor de três milhões de reais para compra de grama do então secretário ( o brabo) Jair Ramires.

 

Mauro disse que foi uma ação mitigatória de um “pessoal” que está construindo um condomínio na capital e teria sido conseguida pela Semtran. Logo a município não teria gasto nada.

 

Mas, podia ter recebido em dinheiro. E aplicado em sinalização de trânsito.Mas estão querendo maquiar os viadutos. Já não basta terem se dado ao trabalho de pintar de cal as manilhas que fazem o papel de “guard-rail”. Agora plantam grama na piçarra.

 

PETEZADA

 

Dois vereadores do PT saíram em defesa da camarilha que roubou a esperança da capital. Sid Orleans ( nosso Jean Willians local) chegou a pedir que Mauro levantasse a cabeça e seguisse em frente, tal qual eles fizeram em janeiro de 2005, quando receberam a prefeitura de Carlinhos Camurça. Hilário. Cômico.

 

Pior foi a vereadora  Fatinha que misturou alhos com bugalhos e veio com a cantinela dos programas sociais, do minha casa minha vida, levando a discussão para o “nunca antes na história deste país”. Viadutos vereadora...Viadutos...era o tema da discussão.

 

Alias, só para não esquecerem, Fatinha fazia parte da administração passada, gerenciando a Semed – secretaria municipal de educação por indicação de sua amiga e confidente Epifania “Termópilas” Barbosa. Da referida gestão que não reajustou os salários dos professores municipais veio a defasagem salarial que agora o sindicato cobra de Nazif.

 

Cadê que o Mauro joga isso na cara do petista Sintero? Fidelidade canina...

 

NAZIF

 

E Mauro falou. Demonstrando que está completamente por fora da execução do projeto “Viadutos”, limitou-se a responder os vereadores nominalmente. Tipo assim:

 

Vereador Aélcio, o senhor disse que está se sentindo lesado...E isso não é verdade.

 

E por aí foi....

 

Mostrando que é um bom parlamentar. Um “bom de discurso”. Só isso.

 

XERIFE

 

Eis que chega a hora do procurador Reginaldo Trindade, esperado por muitos.

 

O procurador alertou que o trabalho do MPF – Ministério Público Federal continua com a operação Sempre, que investiga desmandos na referida secretaria. Disse também que uma ação civil pública exigindo que a Prefeitura finalize o complexo dos viadutos está em andamento e responsabiliza também os atuais gestores do contrato (Prefeito e secretária da Sempre).

 

Isso mesmo. Mauro pode também responder criminalmente caso não cumpra.

 

Vai literalmente assinar o B.O. de Roberto Sobrinho. Isso que é fidelidade canina...

 

Lembrou da audiência pública de 2011, quando Roberto Sobrinho lhe aplicou um “bolo”, já que Roberto faltou ao compromisso, mesmo tendo sido marcado com muita antecedência.

 

Reportou que alguém já disse que Porto Velho não está como um canteiro de obras e sim um “chiqueiro de obras”, afirmando que os “Viadutos” é o exemplo mais claro destes desmandos, “da “roubalheira” que assolou a capital.

 

"Chega deu dó" da cara dos vereadores petistas com a palavra “Roubalheira” na lata...Afundaram nas suas confortáveis poltronas.

VEJA VÍDEO DA FALA DO PROCURADOR

 

ENQUANTO ISSO NO FACEBOOK

 

 

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS