BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

IBOPE: Garçom ainda lidera e Mário Portugues já é o segundo colocado em Porto Velho

Comparativamente com a pesquisa de agosto, o maior crescimento ficou com Mário Português, que havia registrado naquela sondagem 7%, chegando a 17% agora.

Da Redação

26 de Setembro de 2012 às 13:20

Foto: Divulgação

Comparativamente com a pesquisa de agosto, o maior crescimento ficou com Mário Português, que havia registrado naquela sondagem 7%, chegando a 17% agora
Pesquisa do IBOPE, divulgada nesta quarta-feira pela TV Rondônia, afiliada da Rede Globo, apresentou os últimos números da corrida eleitoral em Rondônia e a novidade é o crescimento na ordem de 10% aferida pelo candidato Mário Português (PPS), que agora é o segundo colocado na disputa com 17%.
O líder ainda é Lindomar Garçon (PV), que registrou 29%. A terceira posição ficou com o candidato Mauro Nazif (PSB), que marcou 16%.
A tucana Mariana Carvalho  apareceu na quarta colocação, com 15%.
 A petista Fátima Cleide marcou 12%. O médico José Augusto, pelos levantamentos, vem em seguida com 3%. Aluizio Vidal tem 2% e Mário Sérgio, do PMN, 1%. Brancos e nulos somam 3% e não quiseram responder 2%.
Comparativamente com a pesquisa de agosto, o maior crescimento ficou com Mário Português, que havia registrado naquela sondagem 7%, chegando a 17% agora.
Garçon tinha 27% e hoje 29%. Uma queda expressiva teve Mauro Nazif, que caiu de 22% para 16%. Mariana Carvalho pontuou 4% para cima e Fátima Cleide saiu de 10% para 12%.
DADOS DA PESQUISA:
Número do protocolo: RO-00148/2012
Data de registro: 20/09/2012
Empresa contratada: IBOPE INTELIGÊNCIA PESQUISA E CONSULTORIA LTDA.
Contratante: RÁDIO TV DO AMAZONAS LTDA
Data de início: 20/09/12
Data de término: 25/09/12 Entrevistados: 602
Metodologia de pesquisa: O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 4 (quatro) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS