BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Advogado do PSL protocola pedido de mandato de Euclides Maciel no TRE

Advogado do PSL protocola pedido de mandato de Euclides Maciel no TRE

Da Redação

09 de Novembro de 2007 às 14:18

Foto: Divulgação

O Partido Socialista Liberal – PSL, na pessoa do advogado e delegado do Conselho de Ética, Geraldo Fortes, acaba de protocolar no TRE-RO o pedido da vaga do deputado Euclides Maciel (PSDB) que foi considerado rebelde e infiel a legenda comandada pela presidente Silvana Davys. Segundo Fortes, que veio à Rondônia, com a missão exclusiva para apoiar a decisão deflagrada no seio do PSL regional, que entende que o mandato de Euclides é do partido e não há duvidas que não houve razão ou justificativa para que o deputado deixasse a legenda. "Ele não apresentou de forma clara a justificativa de sua decisão. Pelo contrário enviou uma carta ao PSL elogiando o partido antes de sair, mas nunca explicou o porquê dessa manobra", salientou o advogado do PSL, garantindo que a decisão é repaldada também pela nacional no requerimento da vaga junto à Justiça. Fortes disse ainda que a desfiliação de Euclides foi supressiva, e que não esperava essa manobra do ex-partidário. O pedido era para ter sido protocolado ontem, mas só hoje, sexta-feira, 09/11, a cúpula do partido resolveu entrar com a ação junto ao Tribunal Regional Eleitoral, solicitando a vaga do deputado, que mudou de partido depois do dia 27 de março, ferindo decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Conforme a nova disposição, não haverá recurso para o representante eletivo que perder o mandato via judicial no TRE-RO. "A resolução é auto-explicativa, e o assunto foi bastante deliberado, e o STE decidiu que sair do partido sem justa causa significa ficar a mercê de perder o mandato. Euclides sabia do risco, mesmo assim o fez. Nada agora podemos fazer, a não ser requerer sua vaga", apontou o advogado. Caso a Corte máxima de Justiça de Rondônia condene Maciel a perder o mandato e o STE acate, não poderá caber recurso, e o imediato a assumir a vaga deixada por Maciel é o suplente, o ex-deputado Carlão de Oliveira. Se Carlão estiver impedido de assumir outro partidário do PSL poderá ficar com a vaga.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS