BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

AÇÃO POLICIAL: Denarc deflagra Operação Norte para prender 13 traficantes de Porto Velho

A ação policial é resultado de 8 (oito) meses de investigações e tem por objetivo desbaratar a atuação de um grupo criminoso, estruturalmente ordenado, que atuava na distribuição e comercialização de drogas na zona Norte da capital rondoniense.

Redação

11 de Março de 2020 às 06:47

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio do Departamento de Narcóticos - Denarc, com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais - CORE e da Delegacia Especializada em Repressão a Extorsões, Furtos e Roubos – DERF (Patrimônio), deflagrou a fase ostensiva da denominada “Operação Norte”, na manhã desta quarta-feira (11), visando ao cumprimento de 13 (treze) mandados de prisão preventiva e 09 (nove) de busca e apreensão.

 

A ação policial é resultado de 8 (oito) meses de investigações e tem por objetivo desbaratar a atuação de um grupo criminoso, estruturalmente ordenado, que atuava na distribuição e comercialização de drogas na zona Norte da capital rondoniense.

 

Durante as fases anteriores da apuração, o Denarc já havia apreendido mais de 70 (setenta) quilos de cocaína, 04 (quatro) veículos, 01 (uma) prensa hidráulica e 02 (duas) armas de fogo, e prendido 9 (nove) pessoas, todas com envolvimento no crime de tráfico de drogas, uma delas apontada como sendo um dos líderes do grupo criminoso.
 

Entenda o caso

 

As apurações tiveram início em junho de 2019, quando um dos líderes do grupo foi preso em flagrante pelo DENARC na posse de 17 (dezessete) quilos de cocaína. Mesmo preso, as investigações apontaram que ele continuou coordenando a ação do bando, de dentro do presídio.

 

Com o aprofundamento das apurações foi possível esclarecer toda a dinâmica de atuação dos suspeitos e, em setembro de 2019, o principal gerente do bando foi preso em flagrante. Nessa oportunidade o Denarc apreendeu drogas, veículos, petrechos para o tráfico, insumos, prensa hidráulica e armas de fogo, sendo uma delas pertencente ao acervo da Polícia Civil, furtada em Candeias do Jamari.

 

Em novembro do mesmo ano, as investigações foram direcionadas para o objetivo de identificar e prender os fornecedores da droga, sediados no município rondoniense de Guajará-Mirim, resultando na apreensão de cerca de 55 (cinquenta e cinco) quilogramas de cocaína, ocultos na carroceria de uma camionete que trafegava pela rodovia BR-421, no município de Nova Mamoré (RO).

 

Já em fevereiro de 2020, o Departamento de Narcóticos conseguiu prender os supostos  fornecedores dos 55 (cinquenta e cinco) quilos de cocaína que haviam sido apreendidos em novembro de 2019, ocasião em que cumpriu mais 05 (cinco) mandados de busca e apreensão, tendo apreendido dinheiro em espécie, documentos e aparelhos celulares dos investigados.

 

Na última segunda-feira (09) o Denarc prendeu em flagrante mais dois integrantes do grupo, que atuavam na comercialização e distribuição de drogas, principalmente no Assentamento Joana D’Arc, situado na zona rural da capital Porto Velho (RO).

 

A operação deflagrada na manhã de hoje (11), marca a total desarticulação do grupo criminoso, com o cumprimento dos mandados judiciais de prisão preventiva e de busca e apreensão.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS