VIOLÊNCIA SEXUAL: Cabeleireiro é preso suspeito de estuprar criança após mãe sair de apartamento

A criança disse que sempre que ficava em casa só o cabeleireiro ia até o imóvel e o levava a força até o apartamento dele, onde ocorria o estupro

Rondoniaovivo

13 de Janeiro de 2020 às 08:19

Foto: Ilustrativa

A Polícia Militar prendeu na noite de domingo (12) um cabeleireiro de 30 anos suspeito de estuprar um menino de 11 anos em uma vila de apartamentos no bairro Nossa Senhora das Graças, região Central de Porto Velho (RO).

 

A mãe da criança procurou a polícia após o filho passar a dizer que era homossexual e inclusive fazer algumas postagens relacionadas a isso no status do WhatsApp.

 

A mãe questionou o filho sobre o caso e ele revelou que há tempos vinha sendo estuprado pelo vizinho. A criança disse que sempre que ficava em casa só o cabeleireiro ia até o imóvel e o levava a força até o apartamento dele, onde ocorria o estupro.

 

Relatou ainda que o vizinho fazia ameaças de matar a mãe dele caso denunciasse o caso. Diante dos fatos, uma equipe da Polícia Militar foi até o local e prendeu o suspeito, que foi levado para a Central de Flagrantes.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS