BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ORGULHO DO MADEIRA: Cadeirante ameaça se jogar de prédio e marido é preso

Na presença da PM, o suspeito incitava a mulher para ela se jogar, afirmando que não se importaria

Da Redação

31 de Agosto de 2017 às 08:28

Foto: Divulgação

Na madrugada desta quinta-feira (31), Reginaldo J., 39, foi preso no condomínio Orgulho do Madeira, localizado na zona Leste de Porto Velho, acusado do crime de desobediência. De acordo com informações do boletim de ocorrência, duas equipes da Polícia Militar foram acionadas para o apartamento onde havia uma mulher tentando cometer suicídio.
 
No local, a mulher informou que o marido é viciado em drogas, vende os objetos do imóvel para sustentar o vício e com essas atitudes, deixa de prestar cuidados à ela que é cadeirante, em virtude de que algum tempo atrás ter sido trancada dentro do quarto pelo suspeito, que saiu e ficou vários dias fora.
 
Na ocasião, a mulher em desespero pulou do 4° andar e acabou ficando deficiente física. Já nesta madrugada, a vítima novamente ameaçava praticar tal atitude. Na presença da PM, o suspeito incitava a mulher para ela se jogar, afirmando que não se importaria. Devido o suspeito estar com um corte na cabeça e a vítima apresentar quadro de depressão, o Samu foi acionado. Porém, ambos recusaram atendimento.
 
Em seguida, os policiais solicitaram um documento de identificação de Reginaldo para qualificá-lo e o suspeito recusou-se. Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS