BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NA DELEGACIA – Acusado de assassinar artista uruguaio se entrega à polícia

Matías estava em Rondônia há apenas dez dias e seu destino era o Peru, porém teve sua viagem tragicamente interrompida. Sua morte causou comoção em seu país e seu corpo será cremado no estado de Goiás, onde em seguida irá para o Uruguai.

Da Redação

17 de Abril de 2017 às 18:35

Foto: Divulgação

Procurado pela polícia do estado de Rondônia há mais de dez dias, o acusado de executar a sangue frio um cidadão de naturalidade uruguaia em um posto de gasolina em Ji-Paraná, interior de Rondônia, Thiago Fernandes, de 19 anos de idade, se entregou na tarde desta segunda-feira (17) a agentes da Polícia Civil na mesma cidade em que o crime ocorreu.

A vítima, identificada pelo nome de Matías Galindez Rodriguez, era artista de rua, seu assassinato teria ocorrido após uma discussão entre ele e o acusado dentro da conveniência do posto de gasolina. O motivo da briga teria sido a profissão do uruguaio, que havia sido menosprezada pelo acusado.

 Câmeras de segurança registraram o momento da briga e foram de vital importância nas investigações do crime. O acusado desferiu dez disparos de pistola 380 contra o artista que ainda foi socorrido, porém morreu no hospital.

Matías estava em Rondônia há apenas dez dias e seu destino era o Peru, porém teve sua viagem tragicamente interrompida. Sua morte causou comoção em seu país e seu corpo será cremado no estado de Goiás, onde em seguida irá para o Uruguai.

Agora Thiago deverá responder na justiça pelo homicídio, porém é empresário e réu primário, fato que pode reduzir drasticamente uma possível condenação pelo crime.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS