BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ZAGAN - Advogados suspeitos de crimes ficarão "presos" em casa

ZAGAN - Advogados suspeitos de crimes ficarão "presos" em casa

Da Redação

30 de Novembro de 2013 às 11:32

Foto: Divulgação

O juiz federal Herculano Martins Nacif, da 3a Vara Federal da Seção Judiciária de Rondônia, deferiu o pedido de prisão domiciliar para os nove advogados presos na última quarta-feira (27) , durante a Operação Zagan, da Polícia Federal, que investiga organização criminosa acusada de vários crimes, entre eles, fraude processual, estelionato e falsificação de dinheiro.

O pedido para que os advogados sejam beneficiados com a prisão domiciliar, em vez de ficar num presídio, foi apresentado pelo Tribunal de Prerrogativas da OAB-Rondônia com base no Estatuto da Advocacia.

A OAB alega que seus membros que foram presos não estavam em cela "condigna com a advocacia".

Mesmo os advogados presos no Acre e transferidos para Rondônia obtiveram o benefício, embora não tenham residência em Porto Velho. Eles terão de providenciar hospedagem onde fiquem confinados.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS