BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Mulher que era abusada sexualmente pelo sogro é morta pelo marido

No mesmo momento o assassino partiu em direção do padrasto e o agrediu com socos e pontapés, em seguida pegou uma espingarda calibre 20 e efetuou o disparo para acertar o padrasto...

Da Redação

15 de Agosto de 2011 às 08:36

Foto: Divulgação

O crime que vitimou Adriana dos Santos Machado (26) aconteceu no fim de semana em um sítio que fica localizado na Vila de Samuel, cerca de 30 km da capital. De acordo com informações colhidas junto aos policiais que atenderam a ocorrência Adriana foi encontrada morta com um tiro de espingarda na cabeça, supostamente efetuado pelo marido dela, conhecido apenas como “Suspiro”.

Segundo relatos de testemunhas, “Suspiro” descobriu na última sexta-feira (12) que a vítima estava sendo abusada sexualmente pelo padrasto dele. No dia seguinte o homem quando chegou em casa passou a discutir com a mulher e logo agrediu a mesma com várias pancadas.

 No mesmo momento o assassino partiu em direção do padrasto e o agrediu com socos e pontapés, em seguida pegou uma espingarda calibre 20 e efetuou o disparo para acertar o padrasto,sendo que a mulher se jogou na frente dele e foi atingida na cabeça.

Com medo de morrer o padrasto de “Suspiro” fugiu. O assassino, após o crime foi até a casa da irmã de Adriana, onde jantou e para despistar perguntou para ela se tinha visto a sua mulher. A cunhada disse que não. Em seguida, após a refeição, o homem fugiu.

O caso foi registrado na delegacia de Candeias e será investigado pela Polícia Civil.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS