BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Apreensão de menor desencadeia prisões de foragidos e homicidas em Candeias do Jamari - Fotos

Rodrigo da Silva Rocha, 23, Alan da Silva Nascimento, 21, e dois menores infratores, foram presos e apreendidos na última sexta-feira, no município de Candeias do Jamari, por policiais militares lotados no 5º Batalhão de Polícia Militar, acusados de venda

Da Redação

17 de Julho de 2010 às 09:35

Foto: Divulgação

Rodrigo da Silva Rocha, 23, Alan da Silva Nascimento, 21, e dois menores infratores, foram presos e apreendidos na última sexta-feira, no município de Candeias do Jamari, por policiais militares lotados no 5º Batalhão de Polícia Militar, acusados de venda de drogas. Com eles a PM apreendeu celulares, documentos pessoais e dinheiro que foram entregues na Central de Polícia, em Porto Velho.
Os policiais abordaram um taxi próximo a residência de um dos menores, tido como um dos vendedores de droga na cidade. Com ele estavam Rodrigo e Alan. A princípio o menor negou ser o dono do entorpecente e convidou os policiais a entrarem em sua residência dizendo que estava “limpo”. A sujeira logo apareceu. Policiais encontraram 28 invólucros de substância aparentemente crack.
Em frente da casa do menor, a PM encontrou um pacote de maconha. Todos foram conduzidos a Unisp em Porto Velho. Com um outro menor a PM encontrou R$ 90,00, com outro R$ 6,50. O PM Dean de Andrade e sua equipe contou ainda com a participação dos policiais militares Rogerio, Sampaio e Costa.
Foram apreendidos 28 invólucros de substancia entorpecente, aparentando ser merla, uma porção de maconha, um cachimbo artesanal para uso de entorpecente, dois tubos de linha para endolamento da droga, um prato contendo resíduo de um pó branco e duas bicicletas.
Ficha suja
Alan da Silva Nascimento, segundo a PM, é o autor de El menos três homicídios na Zona Leste de porto Velho, sendo que um deles teve como vítima um ex-detendo conhecido como Carlos e ainda a tentativa de dois homicídios, sendo uma delas no município de Candeias do Jamari. A outra tentativa foi no dia em que o acusado e comparsas realizou assalto a um estabelecimento comercial naquela cidade.
Neste dia ele trocou tiros com a Polícia, baleando um policial militar.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS