BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CORRIDA À PREFEITURA: Leo Moraes diz quem ele não apoia para prefeito

Léo afirmou na reunião que existem candidatos que são insignificantes eleitoralmente

Rondoniaovivo

19 de Setembro de 2020 às 10:22

Atualizada em : 20 de Setembro de 2020 às 08:18

Foto: Divulgação

A desistência do deputado federal Leo Moraes à corrida eleitoral pela prefeitura de Porto Velho não tirou o político inteiramente da disputa, já que informações de bastidores dão conta de que ele vem articulando para possivelmente colocar um candidato a vice-prefeito do PODEMOS no pleito.
 
Em uma reunião com seus correligionários, a qual o Rondoniaovivo teve acesso ao áudio, Leo Moraes falou sobre essa possibilidade, sendo que de pronto descartou três candidatos a prefeito nos quais, ele (Leo Moraes) jamais se aliaria, nem pediria voto. Os ‘detestados’ são Breno Mendes, Hildon Chaves e Lindomar Garçom.
 
Leo Moraes ainda afirmou na reunião que existem candidatos na disputa para a prefeitura de Porto Velho que são tão insignificantes eleitoralmente que sequer deveriam entrar na disputa. O deputado não nominou quem são os “insignificantes”
 
Aliança com o PSL
 
Se o PODEMOS de Leo Moraes lançar o candidato a vice, a aposta maior entre os analistas políticos é de que seja do deputado estadual Eyder Brasil (PSL), que anda envolto em denúncias de integrantes do movimento bolsonarista.
 
Presidente estadual do PSL e candidato a prefeito da capital, Eyder foi visto ao menos três vezes na última semana na sede do PODEMOS. 
 
O nome mais provável seria a de seu irmão Paulo Moraes Junior, irmão de Leo Moraes. Esse final de semana será decisivo para reuniões e encontros políticos que definirão de uma vez por todas quem é quem na eleição 2020 em Porto Velho.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS