RIBERINHAS: Grupo musical ‘Cunhãs – meninas da Amazônia’ lança clipe nesta sexta no formato online

O produtor cultural Teimar Martins é o idealizador do grupo, assim como do já reconhecido “Minhas Raízes”

RIBERINHAS: Grupo musical ‘Cunhãs – meninas da Amazônia’ lança clipe nesta sexta no formato online

Foto: Divulgação

No último dia 18 de junho foi lançado no Youtube o primeiro álbum das ‘Cunhãs-meninas da Amazônia’. E nesta sexta-feira,24/6, o grupo musical apresenta ao público (Lança) o novo clipe referente ao álbum. O grupo realizou ainda neste mês de junho duas apresentações por meio de lives.

 

O grupo foi idealizado pelo produtor cultural Teimar Martins, reconhecido músico do ‘Minhas raízes’ — tradicional e conceitual — na região do Baixo Rio Madeira, em Porto Velho. São cinco meninas que integram o as Cunhãs: Manu, Lara, Ana, Vitória e Yasmin.

 

Criado em agosto de 2020, o grupo ‘Cunhãs’ assume a missão de preservar os costumes e tradições culturais amazônicas.

 

 

Entre outros eventos, elas participaram, virtualmente, do Festival Cultural do Brasil em Viena, na Áustria, onde lançaram o clipe ‘Sou Amazônia’.  Teimar explica que os objetivos a serem alcançados com esse projeto é “despertar o orgulho amazônico nas crianças, adolescentes e jovens, e incentivar esse público de outras regiões a valorizarem a sua identidade local e também terem cuidados com o nosso meio ambiente”.

 

Lei Adir Blanc

 

Todos os projetos (lives e álbum) foram contemplados no Edital de fomento a cultura (Lei Aldir Blanc). 

Álbum, no Edital n° 31/2021/SEJUCEL-CODEC, 2ª Edição Marechal Rondon, prêmio de produção literária, fonográfica e digital para difusão de expressões culturais. Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc) Eixo II: • Gravação de músicas e vídeo. Porto Velho-RO.
 
 
Lives, no Edital N° 34/2021/SEJUCEL-CODEC 2ª Edição Mary Cyanne, Prêmio de Produção Artístico- Cultural para transmissões ao vivo/gravadas, Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc)
Eixo II: • Apresentações Artísticas (gravadas/ao vivo). 
 

ONDE ASSISTIR

 

https://www.youtube.com/channel/UCrIaacWKxZWb-3vcb_RClQA

 

FONTE: JÚLIO OLIVAR

Direito ao esquecimento

O senador Marcos Rogério defendeu o pastor Milton Ribeiro, preso pela Polícia Federal. Qual a sua opinião?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS