16 MORTES: Segurança Pública deve ser prioridade no discurso e ações de todos os candidatos

16 MORTES: Segurança Pública deve ser prioridade no discurso e ações de todos os candidatos

Foto: Divulgação

 

Na política é difícil distinguir os homens capazes, dos homens capazes de tudo. (Henri Béraud)
 
 
Escolhas
 
Na próxima segunda-feira, 03 de outubro, será um dia em que saberemos quais serão as novas caras da política e da econômica em Rondônia e no Brasil, a partir de 2023. De um lado, podemos, através do voto, manter a atual forma de administrar o país. No outro, as promessas de que o país será administrado com base em parâmetros diferentes. Para nós, nos resta analisar, pensar, repensar e dar o verdadeiro valor ao voto. Não podemos desperdiçar essa oportunidade!
 
 
 
Não pode
 
Falando sobre eleição, é sempre bom lembrar aos eleitores que há condutas que podem configurar crime e que podem resultar em penas de multa ou prisão. Algumas destas ações proibidas no dia da eleição são: corrupção eleitoral(compra de voto), transporte de eleitores,  boca de urna, aglomeração e o derrame de santinhos. Mas é permitido fazer propaganda do candidato usando recursos visuais, como camisetas e botons, mesmo na fila de votação, desde que seja de forma silenciosa. Terminada a votação, é proibido ficar aglomerado nas proximidades da seção eleitoral de forma a chamar atenção, tentar influenciar ou intimidar outras pessoas. Assim, fique atento para não se prejudicar!
 
 
Boa notícia
 
A atual eleição já tem um motivo para dar orgulho ao nosso país. Desde 2002, não se registra um número tão grande de mulheres participando do pleito. Ao todos são 9.239 candidatas. Os dados, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), levam em consideração somente as candidaturas aptas, ou seja, aquelas que atenderam a todos os critérios legais e formais e foram deferidas pela Justiça Eleitoral. Outro número recorde são os de candidatas que se declararam negras, 1706 delas tiveram os registros deferidos. Situação semelhante ocorre com as mulheres que se assumiram como indígenas, que são 77 neste ano. Parabéns às mulheres!
 
 
Absurdo
 
Na última sexta-feira(23) aconteceu o esperado show da dupla Jorge e Mateus. Aliás, apresentação muito concorrida. Casa lotada, população animada. Mas a triste realidade da violência em nossa capital também se fez presente. Leitores da coluna, relataram um episódio onde um homem para não enfrentar a fila do banheiro, sacou um revólver, e entrou deixando quem estava esperando a vez, em pânico. Do lado de fora, um policial penal federal sacou o revólver durante, segundo ele, uma tentativa de assalto feita por um casal. O homem morreu na hora e a mulher foi baleada, ficando em estado grave.
 
Operação
 
Continuando na tecla da violência que assola a capital de Rondônia, as forças de segurança do Estado se uniram e fizeram, no último sábado(24), uma mega-operação em alguns conjuntos populares, bares e boates da cidade.  Na sexta-feira(23), as Polícias Militar e Penal já haviam realizado outra ação onde capturou foragidos e alguns cabeças dos crimes em Porto Velho.
 
 
Medo
 
Aos portovelhenses o que não falta são motivos para exigir do poder público ações energéticas contra a onda de assassinatos que espanta a todos. Só para se ter uma ideia, do nível de violência em nossa capital, da sexta-feira(16) até o último domingo(25), foram 16 mortes, dessas 15 foram causadas por armas de fogo e uma por pauladas. Todas essas mortes tiveram características de execuções, e a noite de ontem foi, outra, sangrenta na cidade. Foram três mortos a tiros em diferentes pontos de Porto Velho. Diante desse quadro e da eleição que se aproxima, fica a esperança que a Segurança Pública deixe de ser tratada como algo de segundo plano na pauta de prioridades dos candidatos. Mas não a segurança de ações pontuais e, sim, um plano a ser executado como política de Estado e não de Governo. Nós, que amamos essa cidade, apesar dos pesares, agradecemos a preocupação!
 
 
Aplausos   
 
Um estudioso da cena política nacional e local é o professor da Unir, João Paulo Vianna. Ele escreveu um artigo muito interessante analisando de que forma o Bolsonarismo, o agronegócio e o eleitorado evangélico impactam na situação eleitoral em Rondônia, na atual eleição. Leitura imperdível! Confira no link: https://pex-network.com/2022/09/22/bolsonarismo-agronegocio-e-eleitorado-evangelico-a-eleicao-de-2022-em-rondonia/
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS