BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Vice-Presidente do TJ-Rondônia sofre constrangimento em porta eletrônica do HSBC

Vice-Presidente do TJ-Rondônia sofre constrangimento em porta eletrônica do HSBC

Da Redação

29 de Outubro de 2008 às 13:10

Foto: Divulgação

O desembargador Walter Waltenberg Silva Junior foi constrangido ontem (28), pela manhã, a receber atendimento no balcão de auto-atendimento do HSBC da Rua Prudente de Morais, depois que a porta eletrônica o impediu de entrar na agência onde mantém conta corrente. Calmo, e portando uma pequena bolsa porta-documentos, óculos, celular e um cinto com fivela grande de metal, o magistrado aguardou que os seguranças destravassem a porta, mas a situação que se formou foi constrangedora, com as pessoas aguardando a solução do impasse. Resignado, Waltenberg afastou-se da porta e pediu, por celular, que a gerente Ingrid Stecker viesse recebê-lo mas, ao invés disso, uma funcionária pediu que o magistrado deixasse de lado seus pertences, para tentar destravar a porta.

Debilitado por uma dengue de quinze dias, o vice-presidente fez um cheque, que foi trocado em poucos minutos, enquanto aguardava, em pé, no balcão de auto-atendimento. Diversas autoridades, como o desembargador  Walter Waltenberg, inúmeros amigos e alguns políticos passaram pelo magistrado, cumprimetando-o. O gerente da agência foi consultado sobre a liberação da porta, que obedece a comandos de um segurança privado, mas não autorizou a abertura. Perguntado sobre a razão pela qual não se despiu de seus bens, disse que só portava bens que a lei permite, e não tem o costume de transigir com seus direitos, abrindo precedentes perigosos.

Logo em seguida, o magistrado dirigiu-se ao Banco do Brasil da Rua Dom Pedro para outra operação bancária, e passou normalmente pela porta eletrônica.

Esta é a segunda vez que o fato acontece. Em outra época, o magistrado foi impedido de entrar na agência da Av Jorge Teixeira, também pela porta eletrônica, mas na ocasião aceitou as desculpas formuladas pelo banco.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS