BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CORONAVÍRUS: Energisa viabiliza funcionamento de UPA de Jaci-Paraná em tempo recorde

Unidade de saúde, a cerca de 90 Km de Porto Velho, dará atendimento médico às comunidade de Jaci-Paraná e localidades próximas

ASSESSORIA

30 de Março de 2020 às 14:29

Foto: Divulgação

Em menos de três dias, em uma ação estratégica de enfrentamento ao Covid-19, a Energisa Rondônia realizou o estudo de projeto, aprovação e ligação da energia elétrica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região de Jaci-Paraná, distrito da capital rondoniense, Porto Velho, distante cerca 90 quilômetros do centro. A intervenção normalmente levaria cerca de 60 dias para ser concluída, devido a necessidade de análise e adequação do projeto, logística e distância do distrito em relação a capital. Acabou incluída na linha de ação Energia do Bem, um dos programas de responsabilidade social corporativa da companhia, e teve todos os seus prazos otimizados. Graças ao esforço, a Prefeitura de Porto Velho poderá garantir atenção médica às centenas de pessoas que moram nas comunidades de Jaci-Paraná e linhas rurais que ficam no entorno da BR-364, sentido Acre.

 

"É mais uma medida das muitas que a Energisa está sendo chamada a tomar nos dez estados onde atua. São ligações elétricas, aumentos de carga, tudo urgente, com o objetivo de oferecer condições de funcionamento a unidades de saúde  e fazer frente aos desafios da saúde pública causados pela pandemia do novo coronavírus", resume o diretor-presidente da Energisa Rondônia, André Theobald. 

 

Daniel Andrade, Gestor de Clientes Especiais da Energisa Rondônia, conta que a ação foi muito rápida. A análise e viabilidade de carga que, em tempos normais, é feita em 30 dias, foi atendida em apenas uma hora. A análise do projeto, que também leva 30 dias, foi resolvida em dois dias úteis, com vistoria e disponibilização do material. Para se ter ideia do montante de energia disponibilizada, a eletricidade destinada a unidade daria para atender 160 domicílios tranquilamente.

 

"A mobilização e garra de todo o time da Energisa envolvido foi que possibilitou a energização da UPA em tempo recorde. Isso sim é energia do bem”, afirma o Gestor, frisando que, por conta das medidas de segurança contra o Covid-19, toda o trabalho foi desenvolvido apenas pelas equipes emergenciais, com o uso dos equipamentos de proteção individual (EPI) necessários para prevenir acidente e também a contaminação pelo novo coronavírus.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS