SINDSEF: 19ª Encontro de Aposentados encerra com aprovação dos participantes

O Projeto Interação ativa, teve como pilar fundamental, o resgate dos filiados que devido à aposentadoria se afastam do meio sindical

ASSESSORIA

17 de Dezembro de 2019 às 11:37

Foto: ASSESSORIA

Um públicos de aproximadamente mil filiados foram contemplados com a realização do XIX Encontro de Aposentados – Projeto Interação Ativa, promovido pelo Sindsef/RO, por meio da Secretaria de Aposentados e Pensionistas. Nos cinco encontros regionais houve aprovação máxima dos participantes. Muitos teceram elogios a iniciativa do sindicato com nítida expressão de satisfação e alegria, em terem tido a oportunidade de participar das atividades e de reencontrar companheiros de jornada.

 

 

 

 

Após passar pelos municípios de Costa Marques, Ji-Paraná, Vilhena e Porto Velho, o Encontro dos Aposentados teve encerramento nos dias 11 e 12 de dezembro, em Pimenta Bueno e contou com a participação de 120 filiados daquela região. A cerimonia de abertura contou com a apresentação especial dos alunos da Escola de Ensino Especial Denise Accorci Tomio Colaço, acompanhados dos professores Joeliton Elias Pereira e Maria Lúcia de Souza.

 

Cumprindo o objetivo traçado, o projeto proporcionou aos filiados do Sindsef/RO atividades e palestras voltadas para a inclusão digital, relações interpessoais e educação financeira. Dinâmicas em grupo despertaram o público participante para o interesse de buscar melhoria da qualidade de vida nessa fase como aposentados.

 

 

 

 

Para a secretária de Aposentados e Pensionistas, professora Eliete Azevedo, foi muito gratificante a participação de todos para a realização dos eventos, destacando a colaboração e o empenho da Diretoria Executiva, o apoio recebido por parte dos coordenadores municipais e dos funcionários da entidade na preparação de cada encontro.

 

O Projeto Interação ativa, teve como pilar fundamental, o resgate dos filiados que devido à aposentadoria se afastam do meio sindical, esquecendo que além do perfil de lutas, existe também o lado social da entidade. “Nesse contexto, o resgate é importante, para que o filiado se mantenha ativo, aprendendo e ensinando, colaborando com os diversos momentos dentro da entidade”, afirmou Eliete.

 

 

 

 

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS