BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

SOLIDARIEDADE: Hospital de Base realiza Natal Solidário para filhos de pacientes internados

A entrega dos presentes arrecadados foi marcada por muita alegria e brincadeiras para a criançada

SECOM - GOVERNO DE RONDÔNIA

16 de Dezembro de 2019 às 15:04

Foto: Divulgação

A vendedora Jéssica Batista está internada no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro devido a traumas sofridos em um acidente de trânsito, o que resultou no afastamento do trabalho e uma longa internação. O que reduziria as chances de presentear a filha pequena no natal. Para que os filhos de pacientes internados por longos períodos na ala ortopédica não ficassem sem uma lembrança neste natal, a Gerência de Enfermagem e o Núcleo de Educação Permanente do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro realizaram uma ação interna para arrecadar brinquedos.

 

O projeto Natal Solidário possui o intuito de aproximar servidores do SUS, usuários internados que sofreram acidentes de trânsito e a sociedade. Para isso, nós tivemos a  parceria com o Detran RO e da Liga Acadêmica de Clínica Cirúrgica de Rondônia (Laccro)”, explica a gerente de enfermagem Delma Maria jerônimo Vieira.

 

A entrega dos presentes arrecadados foi marcada por muita alegria e brincadeiras para a criançada. A primeira dama e secretária estadual de Assistência Social, Luana Rocha, participou do evento. “O real significado do Natal é o amor ao próximo e a união. Este momento que estamos compartilhando aqui possamos levar um alento a estas crianças que tem a mãe ou o pai internado, mas que a esperança se renove para que, em breve, possam estar em casa juntos e com saúde.

 

 

 

 

A vendedora Jéssica não conteve as lágrimas ao entregar o presente à filha. “É muito difícil ficar longe dela, ainda mais no Natal. Hoje, toda a equipe nos proporcionou um momento feliz em meio à recuperação de um momento tão difícil”.

 

O secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo, destacou a importância da ação realizada pelos servidores do HBAP. “Como é importante esse olhar humanizado dos profissionais de saúde e pacientes para compreender não apenas o estado clínico do indivíduo, mas também os aspectos psicológicos e sociais que permitem um vínculo de afeto importantíssimo para o restabelecimento deste paciente internado”.

 

A ação contou, também, com a participação do Grupo Anjos do Asfalto RO.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS