BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

MEDICAMENTOS: Farmacêutica responsável pela farmácia da Astir fala sobre o setor

Todo e qualquer medicamento da farmácia Astir é de uso exclusivo nos pacientes do Hospital Tiradentes e Serviço de Pronto Atendimento

Assessoria Astir

25 de Setembro de 2018 às 09:34

Foto: Assessoria Astir

A farmacêutica generalista, Adriana Barros, responsável técnica pela farmácia da Astir fala sobre o setor e suas atribuições.

 

De acordo com Adriana, a farmácia emite requisições para compras de medicamentos junto ao setor de compras e na entrega pelos fornecedores confere validade, lote, composição entre outros procedimentos especialistas.

 

A farmacêutica explica o que é uma farmácia de hospital: Quando estamos internados ou precisando de auxílio médico, é comum que a utilização de fármacos seja concomitante, para que fiquemos próximos à cura ou amenizemos os sintomas correlacionados. E é para isso que existe na Astir este setor, para que com o funcionamento conjunto com as equipes médicas e de enfermagem alcance o que for melhor para o paciente.

 

Farmácia hospitalar é uma unidade cujo objetivo é exercer o conjunto de atividades farmacêuticas em hospitais ou serviços ligados ao mesmo. A farmacêutica responsável tem autonomia técnica e científica. A direção desse serviço é obrigatoriamente feita por um farmacêutico generalista. Deve então assegurar aos doentes a terapêutica farmacológica adequada, a eficiência, a qualidade e segurança dos remédios, integrando como parte importante a equipe de saúde e promovendo ações de investigação científica.

 

“Aqui se desenvolve as atividades de controle, armazenamento, dispensa e distribuição dos remédios e similares (soros, agulhas, seringas, faze, algodão, luvas, toucas entre outros, nas unidades do Hospital Tiradentes e Serviço de Pronto Atendimento (SPA). “Minha principal função é servir o paciente com medicação segura e oportuna”, disse Adriana.

 

Finalizando a profissional farmacêutica fala que mantém um rígido controle sobre entrada e saída e medicamentos, diariamente, para que não faltem os fármacos nos postos de enfermagem da Astir, como também observando o custo/benefício, sempre em favor do paciente.

 

O diretor executivo da Astir, AL SGT PM Alan Mota informa que todo e qualquer medicamento da farmácia Astir é de uso exclusivo nos pacientes do Hospital Tiradentes e Serviço de Pronto Atendimento, ou seja, após a consulta com o médico, o associado tem o direito de livre escolha para aquisição dos medicamentos, destacou AL SGT PM Alan Mota.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS