BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Jato faz pouso 'de emergência' e empresa aérea toma 'cutucada' de vereador

Rafael Maziero criticou falta de representatividade política do Cone Sul

Da Redação

19 de Dezembro de 2017 às 08:55

Foto: Divulgação

“Vilhena não tem condições de receber ‘jatos’? Então explica esse que não conseguiu pousar em Cacoal e veio pousar aqui porquê lá não tem ‘pouso por instrumento’ e aqui tem. Mais uma prova que não nos falta quase nada além de representantes políticos na bancada federal ou um governador arrojado”.

Com este desabafo feito em seu perfil no Facebook, o vereador vilhenense Rafael Maziero (PSDB) voltou a criticar a falta de representação política do Cone Sul. A postagem, com a foto do jato Embraer modelo 195, com capacidade para 118 passageiros, viralizou na rede social e recebeu várias manifestações de apoio. Em Vilhena, a empresa aérea Azul mantém turbo-hélices com menos assentos.

Em entrevista, o tucano explicou que a Azul costuma alegar uma série de motivos para não atender o aeroporto de Vilhena com aviões mais modernos. “Em outras cidades onde a companhia opera, os aeroportos têm muito mais problemas de estrutura do que o nosso”.
 
Para Rafael, em virtude da bancada federal de Rondônia ser 100% formada por parlamentares de outros municípios, o Cone Sul inteiro sofre com a falta de investimentos, e não só no setor de aviação. O parlamentar também disparou contra o governador.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS