BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Falha em base de dados do MEC afeta até 600 mil participantes do Sisu

A pasta diz que o problema já foi resolvido

Da Redação

29 de Maio de 2017 às 17:19

Foto: Divulgação

Cerca de 600 mil pessoas que disputam vagas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre deste ano podem ter sido prejudicadas por causa de uma falha na base de dados do Ministério da Educação (MEC). As inscrições seguem até o dia 1ª de junho.

Segundo o MEC, foi identificada nesta manhã uma falha de "sincronização entre as bases de dados do MEC e do INEP". A pasta diz que o problema já foi resolvido. As pessoas afetas, 600 mil, segundo a pasta, já estão recebendo informações por e-mail ou SMS sobre a necessidade de troca de senha.

"Além disso, foi inserida no sistema de inscrição uma mensagem específica para eles, redirecionando esses participantes a acessarem o site do INEP para realizar a atualização necessária", informou o MEC em nota. A pasta nega relação entre este problema e o verificado na primeira edição do Sisu neste ano.

 

Inscrições

As inscrições para a segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (SISU) poderão ser feitas no portal do programa, na internet, até o dia 1º de junho. Para se inscrever, o candidato precisa apenas de seu número de inscrição e senha cadastrados no Exame do Ensino Médio (ENEM) de 2016.

Na hora da inscrição, os candidatos podem escolher até dois cursos por ordem de preferência. Até o fim do período de inscrição, o estudante poderá alterar a opção de curso.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS