BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Câmeras de videomonitoramento dão resultados satisfatórios

Segundo o capitão Eber Barros, delegados da Polícia Civil têm requisitado imagens para facilitar investigações e orientar inquéritos.

Da Redação

09 de Agosto de 2016 às 12:01

Foto: Divulgação

Seis meses depois de instaladas, 15 câmeras de videomonitoramento oferecem resultados satisfatórios as polícias civil e militar em Guajará-Mirim, a 362 quilômetros de Porto Velho, na fronteira brasileira com a Bolívia.

A avaliação é do subcomandante do 6º Batalhão da PM, capitão Eber Milton Barros de Oliveira, segundo o qual, a prevenção de crimes é a mais beneficiada.

“Algumas revisões de imagem permitiram a captura de ladrões e apreensão de veículos na área portuária”, ele disse.

O raio de alcance das câmeras na zona central deu à polícia condições de melhorar rondas preventivas, especialmente à margem do Rio Mamoré, onde é grande o fluxo de turistas. Em pouco tempo, soldados eliminaram pontos de distribuição de drogas.

VEJA TAMBÉM: Polícia Militar aponta eficiência do sistema de videomonitoramento

 

Na tela da sala de controle, no quartel da PM, é possível ver nitidamente o movimento de pessoas e veículos em frente a lojas comerciais e repartições públicas.

Segundo o capitão Eber Barros, delegados da Polícia Civil têm requisitado imagens para facilitar investigações e orientar inquéritos.

“Estamos felizes com esse investimento do Governo do Estado, a cidade merece ficar melhor”, ele acrescentou.

O governador Confúcio Moura sugeriu à Prefeitura e à Câmara Municipal de Guajará-Mirim que utilizem os equipamentos e para beneficiar outras áreas, entre elas a internet gratuita.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS