BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Proerd encerra as atividades do primeiro semestre de 2016

Proerd encerra as atividades do primeiro semestre de 2016

Da Redação

28 de Junho de 2016 às 05:00

Foto: Divulgação

O Programa Educacional de Resistência às Drogas do 2º BPM, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, realizou nos últimos dias 22 e 23 de junho, as solenidades de formatura que marcaram o encerramento das atividades referente ao primeiro semestre de 2016.

O evento aconteceu nas instalações da Primeira Igreja Batista, onde cerca de 1.300 alunos do 5º ano das Escolas Estaduais do Primeiro e Segundo Distrito de Ji-Paraná, receberam o certificado do Programa. Um grande público envolvendo pais, professores e autoridades locais prestigiaram o encerramento das atividades do PROERD.

VEJA TAMBÉM:

PM prende jovens com mais de meio quilo de Maconha

O Comandante do 2º BPM Tenente Coronel Paradela também esteve presente e destacou a importância desta atividade preventiva ao uso de drogas, que além de educar as crianças no seu meio natural, a escola, com o auxílio de policiais fardados e os professores, promove a integração entre a polícia e a sociedade. E ainda citou o Provérbios 22:6: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele”.

De acordo com a Ten Cel Elizabeth, que esteve à frente da coordenação do PROERD do 2º BPM durante os últimos cinco anos, as lições aplicadas em sala de aula pelos Policiais Militares, têm como objetivo o desenvolvimento da autoestima, controle das tensões, civilidade, além de ensinar técnicas de autocontrole e resistência às pressões dos colegas e às formas de oferecimento das drogas por pessoas estranhas ao convívio das crianças e adolescentes.

A oficial enfatizou que o sucesso do programa depende de um perfeito entrosamento entre escola, família e polícia. Somente nos últimos cinco anos, aproximadamente 25 mil alunos foram atendidos pelo Programa de Resistência às Drogas, em Ji-Paraná.

Outras formaturas menores deverão acontecer em algumas unidades escolares. Além do currículo 5º, 7º e 2º ano o Programa atende também uma grande demanda de solicitações de Palestras, com temas relacionados as Drogas, Violência, Bullying, Cidadania e outros. Solicitações feitas não somente por ambientes escolares, mas também por outras instituições, igrejas e empresas. Somente no ano de 2015 o PROERD de Ji-Paraná atendeu mais de 7 mil pessoas através de palestras, entre elas adolescentes, jovens e adultos.

Histórico do PROERD

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) tem como base o DARE. (Drug Abuse Resistance Education), e foi criado pela Professora Rutty Hellen em conjunto com o Departamento de Polícia da cidade de Los Angeles, EUA, em 1983. Atualmente o Programa está presente nos 50 estados americanos, e em 58 países.

No Brasil ele chegou em 1992 através da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, sendo que desde 2002 se encontra em todos os Estados brasileiros.

No Estado de Rondônia, o programa existe há 15 anos e é desenvolvido nas escolas públicas e particulares, no 5º e 7º ano do Ensino Fundamental, na educação infantil (PROERD Kids) e para adultos com o Proerd para Pais, por policiais militares treinados e preparados para desenvolver o lúdico através de metodologia especialmente voltada para crianças, adolescentes e adultos. O objetivo é transmitir uma mensagem de valorização à vida, e da importância de manter-se longe das drogas e da violência.

No Proerd Pais é reforçada a importância da amizade e supervisão dos pais com os filhos. Após quatro meses de curso as crianças recebem o certificado PROERD, ocasião que prestam o compromisso de manterem-se afastadas e longe das drogas e da violência.

O Programa é pedagogicamente estruturado em lições, ministradas obrigatoriamente por um policial militar fardado; que além da sua presença física em sala de aula como educador social, propicia um forte elo na comunidade escolar em que atua.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS