BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Oficinas vão estimulam o consumo do Pirarucu e Tambaqui na Portoagro

Oficinas vão estimulam o consumo do Pirarucu e Tambaqui na Portoagro

Da Redação

17 de Setembro de 2015 às 16:59

Foto: Divulgação

A vocação agrícola de Porto Velho coloca o município entre os principais produtores de grãos e de criação de gado no Estado. Porém os números também apontam para o grande crescimento da piscicultura. Dados da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), estimam uma produção anual para Porto Velho de mais de 5 mil toneladas de peixes, o que coloca o município como o 5º maior produtor do pescado.

Estimular o consumo dos peixes produzidos em cativeiro - como o pirarucu e o tambaqui - e consequentemente a produção, é uma das propostas da 1ª Feira de Negócios e Tecnologias Rurais Sustentáveis de Porto Velho – Portoagro, que acontece em Porto Velho no período de 24 a 27 de setembro. Durante a feira, acontecem várias palestras voltadas ao agronegócio, oficinas que ensinam o produtor a controlar o dinheiro no campo e oficinas de gastronomia de pescado.

“Apesar do forte potencial na piscicultura, poucos são os restaurantes em Porto Velho que oferecem um cardápio com o pirarucu, por exemplo. É possível estimular esse mercado porque o produto tem em grande escala”, explica Rangel Miranda, técnico do Sebrae Rondônia que está na organização das oficinas.

O Sebrae estará trazendo para esta oficina a renomada chefe de cozinha com larga experiência em pescados da Amazônia, Cleo Resseti. A proposta da oficina é logo no primeiro dia trabalhar os cardápios e depois a prática no manuseio com os peixes para que os chefes possam desenvolver pratos dos mais simples, aos mais requintados.

A oficina do pescado vai acontecer no período de 24 a 27 de setembro no espaço Sebrae dentro da Portoagro. Nos dias 25 e 26 acontece também a oficina com o tema “Controlar Meu Dinheiro no Campo” e durante todos os dias várias palestras voltadas aos produtores rurais entre elas: “Sanidade Aquícola – Tambaqui, Pirarucu e Pintado”, “Manejo e tecnificação da atividade cafeeira – conilon”; “Nutrição e manejo de pastagem do gado leiteiro”, “Recuperação de pastagem e a morte subida da braquiária”,  entre outros temas ligados ao agronegócio e o cooperativismo no setor. As palestras também contam com apoio da Emater, Idaron, Sescoop/RO e Embrapa.

Abertura da Portoagro

A abertura oficial da feira acontece na próxima quinta-feira(24), às 10h da manhã, no parque dos Tanques em Porto Velho. A feira começa no dia 24 e continua até  domingo, dia 27. A entrada em todos os dias é gratuita. A proposta da Associação dos Produtores Rurais de Rondônia (APRRO) é reunir em um só local, produtos e serviços que estimulem a produção rural na região norte do estado, apresentar novas tecnologias e promover a transferência de conhecimento. Além desse intercâmbio de produtos e projetos que estão dando certo no setor, oferecer taxas diferenciadas e prazos para análise de créditos mais céleres por meio dos bancos: Brasil, Basa, Caixa Econômica, Sicoob e Banco do Povo.

A Portoagro irá aquecer a economia da região nos quatro dias.  Além das palestras e oficinas, haverá também leilão de gados, rodeio todas as noites e shows musicais. Já estão confirmadas a presença da dupla sertaneja do Mato Grosso do Sul Alex e Yvan, do cantor sertanejo romântico Léo Nascimento e da banda Versalle.

A 1ª Portoagro tem como parceiros o Governo de Rondônia, Assembleia Legislativa de Rondônia, Prefeitura de Porto Velho, Seagri, Conder, Semagric, Emater, Idaron, Ceplac, Sebrae/RO, Fiero, Fecomércio-RO, Faperon, Senar, Basa, Banco do Brasil, Banco do Povo, Caixa Econômica, Fetagro,  Embrapa, Associação ABCZ, Sescoop/RO, Sicoob Norte e Sinpec.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS