BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Exército abre inquérito para apurar bala perdida

Exército abre inquérito para apurar bala perdida

Da Redação

25 de Agosto de 2015 às 17:49

Foto: Divulgação

O tenente-coronel Marco Antônio, comandante do 5º Batalhão de Engenharia e Construção de Rondônia, durante entrevista ao jornal Diário da

Amazônia, falou sobre o ocorrido na manhã de sábado último quando uma bala perdida de uso restrito das Forças Armadas, projétil de fuzil calibre 762, transfixou o corpo do passageiro de um veículo Prisma, que trafegava pela BR-364, proximidades da rua Prudente de Moraes, em Porto Velho. O fato se deu por volta das 10h, momento aproximado de um acontecimento aparentemente relativo à situação dentro da área restrita do órgão militar. Na entrevista com o tenente-coronel Marco Antônio, ele explicou sobre a possibilidade do disparo ocorrido na área interna do 5º BEC ter relação com o projétil que fez uma vítima na BR-364. “Estamos conduzindo a situação e o momento é de instauração de um inquérito policial militar. Para tanto, o veículo da vítima já passou por uma perícia técnica e a arma, do acontecimento interno, foi recolhida para realização de perícia e exames de balísticas. Dessa forma, os laudos periciais formarão esse inquérito que, em cerca 40 dias, será concluído”, explica.

O comandante do 5º BEC também enfatizou que todas as providências para apuração dos fatos foram tomadas. Além disso, segundo ele, a família, como também a vítima, tem recebido toda a atenção da instituição militar. “Assim que tomamos conhecimento da ocorrência interna ao Batalhão iniciamos os procedimentos de averiguações. E foi neste momento que fomos informados pela Polícia Rodoviária Federal que uma pessoa havia sido ferida na Rodovia por um disparo de arma de fogo.

Assim, constatamos a grande chance dos acontecimentos estarem relacionados”, explica o comandante. Marco Antônio também esclareceu que uma equipe médica faz o acompanhamento da vítima que, até as últimas horas de ontem, não corria nenhum risco de vida.

Consta em ocorrência policial que uma vítima, jovem com idade de 21 anos, passava no trecho citado em um veículo Prisma quando os ocupantes do carro foram surpreendidos por um forte barulho. No momento seguinte, a vítima começou a sentir fortes dores. Assim, percebeu-se que estava ferida e seguiram para o Pronto-Socorro do Hospital João Paulo II, onde foi submetida a cirurgia.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS